Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Taxa de ocupação das UTIs adultos de covid recua

Atualmente, cerca de 20 pessoas com suspeita ou confirmação do coronavírus estão na fila de espera por uma vaga

Por Geovanna Bispo 27/01/2022 4h13
Foto: Edilson Dantas / Agência O Globo

Dois dias após atingir a ocupação máxima das Unidades de Terapia Intensiva (UTI), a taxa voltou a recuar nesta quinta-feira (27), indo a 97,84% nos leitos adultos. Em relação aos leitos neonatal, a taxa se mantém em 50%. Os dados são do InfoSaúde, da Secretaria de Saúde.

Segundo o boletim, atualizado nesta manhã, 64 leitos públicos estão ocupados, oito vagos e seis bloqueados. Além desses, ainda existem Unidades de Cuidado Intermediário (UCI), que atualmente tem 28 leitos ocupados, dois vagos, 20 aguardando liberação e 15 bloqueados.

Atualmente, cerca de 20 pessoas com suspeita ou confirmação do coronavírus estão na fila de espera por uma vaga.

A alta taxa de ocupação reflete o recente aumento de casos de covid-19 relacionados ao avanço da variante ômicron. Na última terça-feira (25), por exemplo, foi registrado o meio número de casos em 24 horas. Além desses, a taxa de transmissão (Rt) também apresentou alta, atingindo 2,61 na última semana.

Mesmo com os altos números, esse avanço não tem surtido o mesmo efeito no número de mortes, que tem se mantido estável. Este fato está relacionado, principalmente, ao grande número de pessoas vacinadas na capital.

Até o momento, 2.367.909 (85,23%) da população iniciou o ciclo, 2.226.871 (78,22%) tomaram a segunda dose ou a dose única e 686.228 (28,10%) tomaram a dose de reforço ou adicional.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar