Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Servidores do Detran são acusados de superfaturar manutenção de viaturas

Funcionários autorizavam que o Detran-DF comprasse itens até 1400% acima do valor de mercado. Em alguns casos, as peças nem eram instaladas

Por Willian Matos 04/05/2021 8h22
Foto: Divulgação/Detran-DF

A Polícia Civil (PCDF) realiza nesta terça-feira (4) uma operação contra servidores do Departamento de Trânsito (Detran-DF) acusados de superfaturar contratos de manutenção de viaturas. Três funcionários são presos.

Segundo as investigações, as viaturas eram enviadas para manutenção em oficinas que participavam do esquema criminoso. Os servidores autorizavam que o Detran-DF comprasse peças de valores muito acima da média do mercado. Em alguns casos, os itens eram 1400% mais caros do que o comum.

Além disso, há a suspeita de que as peças não eram substituídas. Isto é, a oficina recebia pela peça mas não a instalava na viatura. Perícias mostraram peças desgastadas nas viaturas, que deveriam ter sido trocadas. Isso representava, inclusive, um risco à vida de quem rodava nos carros.

Além dos três funcionários presos nesta terça (4), o dono de uma oficina envolvida no esquema também é alvo da PCDF. Agentes cumprem ainda 12 mandados de busca e apreensão em regiões do DF e em Formosa-GO.

A ação, batizada de Operação Recall, começou porque o próprio Detran-DF desconfiou da fraude e acionou a Polícia Civil. A Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social (Prodep/MPDFT) também auxilia.






Você pode gostar