Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Projeto Hip Hop na Quebrada vem para fomentar a produção independente do ritmo no DF

Oficinas na área de música, audiovisual e comunicação na web, debates e mostra de resultado prometem movimentar a produção independente do hip hop na região

Foto|Divulgação

Ação formativa de produção musical e produção audiovisual independente voltadas para o hip hop, assim é o projeto que vai acontecer do dia 13 de julho a 15 de agosto, o Hip Hop na Quebrada. Serão ministradas 4 oficinas com mentorias de Produção Musical, Produção Audiovisual, Comunicação na Web e Direção Artística. A formação será gratuita, online, ao vivo e contará com legendas Closed Caption e acessibilidade em Libras. Os participantes podem concorrer a 6 vagas para produzir de forma profissional uma música inédita e autoral com um videoclipe.

A partir da concepção artística do músico e produtor musical Alisson Melo, que também é proponente e educador no projeto, com a realização da produtora Independente Cinese Audiovisual. Alisson Melo, o Mulumba, fala da sua experiência e de suas expectativas sobre o Hip Hop na Quebrada: “Se no início eu tivesse tido essa oportunidade, de saber quais caminhos trilhar para fazer um lançamento e produzir uma música com um videoclipe, eu tinha perdido muito menos tempo na vida andando no caminho errado, procurando de forma errada um jeito próprio de fazer essas coisas. Tem todo esse material na internet, hoje em dia é muito mais fácil do que na nossa geração, na nossa época. A gente tá oferecendo um caminho para esse início, para uma abertura de porta, para um despertar que pode e vai mudar uma vida, acredito nisso. Esse portfólio pode gerar emprego para essas pessoas, pode se tornar a profissão delas, pode ser uma porta de saída de uma situação ruim, pode ser muitas coisas boas nesse processo. Fico muito feliz em fazer parte disso”.

Leonardo Monteiro, o LeoMon, é cineasta e produtor da Cinese Audiovisual e ao idealizar o projeto explica que “A formação visa principalmente a inclusão e a diversidade de vozes dentro do Hip Hop. Buscamos como resultado publicar conteúdo audiovisual sobre a história, criação, produção musical e audiovisual do Hip Hop no Distrito Federal, além de produzir um disco colaborativo digital com as músicas produzidas por quem participar da atividade formativa e da Mostra de Resultados. Para isso, vamos selecionar 6 participantes, principalmente pessoas negras, da periferia, LGBTQIA+ que nunca produziram música de forma profissional. Consideramos que assim estamos proporcionando um espaço de empoderamento de profissionais que representam a cultura negra das periferias do DF que estão inseridos no Hip Hop. Esperamos que isso resulte na criação de portfólio pessoal a partir das técnicas e conhecimentos adquiridos nessa experiência de produção”, completou.

A formação é voltada principalmente para jovens entre 16 e 25 anos, porém é aberta para todas as idades. Para participar é necessário saber ler e escrever, ter acesso a internet e a um smartphone e/ou computador para realizar atividades e assistir às aulas. Para ter acesso ao conteúdo das oficinas, demais detalhes e realizar as inscrições basta acessar o site da Produtora Independente Cinese Audiovisual – www.cineseaudiovisual.com.br. São 30 vagas e as inscrições devem ser feitas até dia 13 de julho.

As oficinas de Produção Musical, Produção Audiovisual, Direção Artística e Comunicação na Web terão carga horária de 2 horas cada uma e serão ministradas uma vez na semana. Após a formação será realizada a Mostra Hip Hop na Quebrada onde serão apresentados os trabalhos de participantes com troca de impressões sobre as oficinas e a experiência. Apenas quem enviar o exercício prático e preencher o formulário de avaliação estará apto a receber o certificado de participação. Todo o conteúdo permanecerá no Canal da Cinese no YouTube até agosto de 2023.

Participantes das oficinas que enviarem uma música inédita e autoral para a Mostra Hip Hop na Quebrada também poderão concorrer às 6 vagas de uma mentoria. Após esse atendimento personalizado e a participação nas oficinas, será realizada a produção musical da obra apresentada na Mostra em estúdio profissional, com a gravação e o lançamento de um videoclipe dirigido e produzido pela Cinese.

PROGRAMAÇÃO

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

06/07 a 13/07 – Período de inscrições

15/07 – Produção musical com Alisson Mello

20/07 – Direção de arte com Tamiris Schneider

27/07 – Comunicação na web com Ana Flavia Gomes Batista

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

03/08 – Produção Audiovisual com LeoMon

15/08 – Mostra de resultados e seleção dos 6 participantes

20/08 – Início da produção musical com mentorias e gravação de videoclipes

Serviço: Hip Hop na Quebrada – Ação formativa de produção musical e produção audiovisual independente voltadas para o hip hop

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Onde: Canal da Cinese no YouTube – www.youtube.com/CineseAudiovisual

Inscrições: de 06 a 11 de julho pelo site www.cineseaudiovisual.com.br

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE







Você pode gostar