Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Neoenergia investe R$ 2,5 mi em rede elétrica da Asa Norte

Clientes como HRAN e Hemocentro têm redes modernizadas e passam a receber energia pela Subestação Estádio Nacional

A Neoenergia Brasília conclui importante obra de melhoria das redes de energia da Asa Norte, modernizando e trazendo mais confiabilidade na prestação do serviço para 8,3 mil clientes na região, incluindo HRAN, Hemocentro, edifícios do Setor Médico Hospitalar e diversas quadras residenciais.

A construção de novos circuitos alimentadores a partir da Subestação Estádio Nacional, com recursos na ordem de R$ 2,5 milhões, permitirá realizar a transferência definitiva da fonte de fornecimento das quadras SQN e CLN de 102 a 104, de 302 a 304, de 202 a 204 e de 402 a 404; da quadra SRVTN 701; e do HRAN, Hemocentro, Edifício Crispim, Edifício Cléo Otávio e Edifício de Clinicas, localizados no SMHN.

A Subestação Estádio Nacional, em funcionamento desde 2013, é dotada com sistema de isolamento a gás (GIS), o que torna o sistema imune às descargas atmosféricas. Ela tem uma capacidade instalada de 64 MVA – o suficiente para fornecer energia a uma cidade com 100 mil habitantes – e passa a receber a carga desses clientes, trazendo ainda mais confiabilidade ao fornecimento de energia de importante região da área central do Distrito Federal.

“Estamos entregando hoje uma obra que beneficia não apenas os moradores da Asa Norte, mas também os brasilienses que dependem e utilizam os equipamentos públicos e privados do Setor Médico Hospitalar Norte. Em linha com o plano apresentado de triplicar os investimentos anuais na rede elétrica do DF, trazendo cada vez mais segurança e confiabilidade no fornecimento de energia à população do Distrito Federal”, comemora o diretor-presidente da Neoenergia Brasília, Frederico Candian.

“A partir de hoje, clientes da área central e milhares de usuários do Setor Médico Hospitalar Norte passam a ter o fornecimento de energia por meio da Subestação Estádio Nacional, uma subestação mais moderna e que oferece maior confiabilidade na prestação do serviço”, conta o diretor-superintendente Técnico da Neoenergia Brasília, Antonio Carlos Queiroz. “Com essa obra, passamos a aproveitar melhor a capacidade de fornecimento de energia pela Subestação Estádio Nacional, um equipamento mais moderno e com recursos livres para utilização, melhorando ainda mais a qualidade da energia da população”, conclui.

“Essa é uma entrega importante da Neoenergia Brasília na Região da Asa Norte, propiciando um reforço na infraestrutura da rede elétrica e, portanto, mais qualidade no fornecimento à área central de Brasília”, afirma o diretor-
superintendente de Operações da Neoenergia Brasília, Dalmo Rebello. “Várias outras obras estruturantes como essa estão em andamento e possibilitarão um avanço ainda maior na melhoria do fornecimento para todas as regiões do DF”, completa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar