Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Lázaro estaria andando com um “livro místico”

Investigadores suspeitam de que o homem estaria sendo perseguido por uma espécie de “demônio”

Foto: Lucas Neiva/Jornal de Brasília

Lázaro Barbosa de Sousa, 33 anos, acusado de cometer uma chacina no Incra 9 (Ceilândia) na semana passada e diversos outros crimes desde então, estaria andando com uma espécie de livro místico que lhe garantia proteção. Já são sete dias de buscas pelo foragido.

Em mensagens trocadas entre policiais da força-tarefa e obtidas pelo site UOL, um investigador disse a outros membros da força-tarefa que Lázaro anda com um “livro místico” que lhe garantiria “proteção espiritual”. Há cerca de 200 policiais na busca pelo fugitivo.

Alguns dos investigadores acreditam que Lázaro participaria de uma “seita’. A Secretaria de Segurança Pública de Goiás, no entanto, não confirma a informação.

Trocou tiros com caseiro

Na  noite de segunda-feira (15),

Lázaro tentou invadir uma chácara em Edilândia-GO, trocou tiros com um caseiro e conseguiu fugir. A vítima relatou aos policiais que revidou quando o fugitivo deu o primeiro disparo.

O caseiro relata ainda que ouviu uma espécie de gemido e que Lázaro disse: “Você me acertou, mas eu vou te matar”. Em seguida, o criminoso fugiu novamente e não se tem mais informações desde então.

Polícias civil e militar do DF e de Goiás estão nas buscas, além da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal. São mais de 200 policiais empenhados na operação. Na segunda (15), o secretário de Segurança do Goiás, Rodney Miranda, se deslocou para a região.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar