Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

GDF abre novos leitos de UTI Covid; ocupação está em 61%

Na manhã desta quarta-feira (19), a ocupação era de 95,12%. Porém, após a medida, essa taxa desceu para 61%

Por Geovanna Bispo 19/01/2022 3h48
Foto: Michael Dantas/AFP

Após se aproximar perigosamente da lotação, o Governo do Distrito Federal (GDF) decidiu avançar para a segunda fase de abertura de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) específicas para o tratamento dos casos graves de covid-19 e 55 novos leitos foram adicionados ao quadro.

Na manhã desta quarta-feira (19), a ocupação era de 95,12%. Porém, após a medida, essa taxa desceu para 61%. Dos 120 leitos disponíveis, 100 estão ativos e 70 estão ocupados.

Segundo o governador em exercício, Paco Britto (Avante), caso os números continuem crescendo, a terceira fase de abertura de leitos será colocada em prática.

A medida acontece em meio ao aumento de casos de covid-19 na capital, que começaram a subir logo após a véspera de natal, quando os números não passavam de 100. No dia 27, por exemplo, foram registrados 225 novos casos em 24h. No último dado divulgado pela pasta referente a última terça-feira (18), houve 4.780 novos casos em 24h.

Segundo o secretário da Saúde, general Manuel Pafiadache, cerca de 90% dos internados são pessoas que não se vacinaram contra o vírus, seja com a primeira ou segunda dose. Atualmente, 2.324.678 (83,66%) de brasilienses iniciaram o ciclo vacinal, 2.173.472 (77,70%) tomaram a segunda dose ou a dose única e 621.376 (21,81%) tomaram a terceira dose ou a adicional.








Você pode gostar