Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Dia da doação de leite humano: prioridade é atender UTIs

Em 2021, o novo slogan da campanha dos Bancos de Leite Humano é: “A pandemia trouxe mudanças, sua doação traz esperança”

Foto: Divulgação

Luisa Barmell / Agência UniCEUB

No início da pandemia, o Banco de Leite Humano do Distrito Federal sofreu uma queda em suas doações, mas foi coordenada uma grande campanha para a doação e  foi possível fechar o ano de 2020 coletando mais litros de leite do que o ano anterior. O dia 17 de maio é de conscientização para doação de leite humano.

Em 2021, o novo slogan da campanha dos Bancos de Leite Humano é: “A pandemia trouxe mudanças, sua doação traz esperança”. A prioridade dos bancos de leite é atender os recém-nascidos que estão em UTIs, quando as mães não têm condições de amamentar os filhos.

Apesar do aumento de doações no ano passado, a pandemia ainda é uma realidade e com mães infectadas pelo coronavírus, cresce a demanda de recém-nascidos que precisam das doações. Um pote de leite pode atender até 10 bebês.

Miriam Santos, coordenadora das Políticas de Aleitamento de Brasília, conta que este ano, 4.811 crianças já foram atendidas pelo Banco de Leite Humano do DF. “A doação de leite materno é feita para os bebês que estão internados, para que a gente pudesse atender crianças à nível domiciliar, teríamos que dobrar o volume de coleta de hoje, que é cerca de 1.500 litros por mês.”

Voluntárias

Quando engravidou da primeira filha, 9 anos atrás, Maria Teixeira não tinha muitas informações sobre a doação de leite materno. Mas quando sua filha caçula nasceu, teve a certeza de que queria se tornar doadora. Ela comenta que todo o processo foi muito simples, os funcionários do Banco de Leite deram todas as informações, panfletos e iam buscar a doação em domicílio.

“Eu fiquei muito feliz de me tornar doadora, principalmente por saber que eu estava dando a chance de vários outros bebês se recuperarem mais rápido”. A enfermeira também acredita que a doação de leite deve ser um assunto já discutido durante as consultas de pré-natal, para “as mães saberem desde o início a importância de doar amor em forma de leite”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como doar

As mulheres que desejam se tornar doadoras, podem encontrar várias informações no site da Secretaria de Saúde ou ligando no número 160, escolhendo a opção 4.






Você pode gostar