Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Sejus lança campanha “O caminho da prevenção” para crianças e adolescentes

A Pasta que integra a Secretaria de Justiça faz alerta sobre os cuidados e proteção de crianças e adolescentes

Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

A Subsecretaria de Políticas para Crianças e Adolescentes, (SUBPCA), Pasta que integra a Secretaria de Justiça e Cidadania, (SEJUS) em conjunto com as coordenações de Promoção de Políticas para crianças e Adolescentes, (COORPPCA) e Coordenação do Centro Integrado 18 de Maio, (COORC18M), lançam a Campanha: “O Caminho da Prevenção”, no dia 18 de maio, às 17h, no canal do youtube da Codeplan.

O principal objetivo é divulgar informações acerca da prevenção da violência sexual contra crianças e adolescentes no Distrito Federal, por meio de materiais educativos. Sensibilizar a sociedade da importância de denunciar, além de chamar a atenção para o uso correto da internet.

A campanha revela ainda, o diagnóstico dos dados da violência sexual no DF. O estudo foi solicitado pela SUBPCA e pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal (CODEPLAN).

O intuito nesta data é convocar a população para o compromisso de proteger as crianças e adolescentes com a realização de atividades de mobilização da sociedade, com foco na prevenção à violência sexual e divulgação dos canais de denúncia, como o 125. Apresentar dados epidemiológicos e a magnitude deste fenômeno no DF, esclarecer à sociedade, os pais, responsáveis e professores, como é importante acreditar na fala das crianças e dos adolescentes, informar quais são os canais de comunicação para denunciar no DF.

A secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani destaca. “Promover espaços de diálogos contribui com a não violação de direitos de meninas e meninos do DF. E para garantir a proteção e o cuidado, devemos pensar em políticas públicas efetivas, envolvendo todos em Rede de apoio qualificada e eficaz”.

O Presidente da Codeplan, Jean Lima, esclarece que “para proteger as vítimas é necessário compreender que os seus principais algozes são pessoas íntimas, de sua convivência social. Por isso, pesquisas e diagnósticos como esse são fundamentais para que se entenda as questões sociais e culturais que envolvem o tema e como trabalhá-las com políticas públicas eficazes, capazes de reduzir a vulnerabilidade de crianças e adolescentes”.

A subsecretária de Políticas para Crianças e Adolescentes e presidente do Conselho para Crianças e Adolescentes, Fabiana Gadelha, explica que “com esta campanha queremos chamar a atenção para toda a toda a sociedade brasiliense, que nós precisamos escutar mais o que as crianças e adolescentes nos dizem. Acreditar no que elas falam, especialmente em situações que envolvem violência sexual. Escute, converse, acolha e oriente sempre. Esse é o caminho da prevenção”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Outras atividades

Na semana de 24 a 28 – ocorrerá uma Oficina com os 200 conselheiros tutelares, para sensibilização da Lei nº13.431/17 e construção e melhoria de fluxo dos casos, envolvendo a violência sexual para uma atuação mais qualificada dos conselhos e da rede de atendimento, cuidado e proteção.

Serviço:

18 de maio, terça-feira
???? 17h
???? Canal Codeplan no YouTube
Link para assistir a transmissão: https://youtu.be/B3cpSE2Y2J8
Link de acesso à reunião: https://streamyard.com/k87zn2e5ap

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar