Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

DF: Saúde confirma 3 óbitos pela variante Delta

Os sintomas do grupo começaram há um mês e a suspeita é que eles tenham sido contaminados por meio de visitas de pacientes internados

Por Geovanna Bispo 26/07/2021 4h13
Foto: Kyodo / Reuters

O secretário da Saúde, Osnei Okumoto, confirmou nesta segunda-feira (26), em coletiva de impressa, o óbitos de três pessoas pela variante Delta da Covid-19 no Distrito Federal. Segundo Okumoto, atualmente existem 51 casos confirmados da variante na capital, sendo 45 apresentando sintomas.

De acordo com o secretário, 26 desses casos são funcionários do Hospital de Apoio de Brasília (HAB). Os sintomas do grupo começaram há um mês, no dia 28 de junho, e a suspeita é que eles tenham sido contaminados por meio de visitas de pacientes internados. Até que toda a área seja desinfectada, o hospital permanecerá fechado por uma semana.

Vacinas

Junto a Okumoto, o secretário da Casa Civil, Gustavo Rocha, informou que o Distrito Federal deve receber mais 43 mil doses de vacinas contra a covid-19 até quarta-feira (28). Segundo Rocha, essas doses permitirão com que a idade do grupo de imunização seja diminuída para 35 anos a partir de quinta-feira (29).

Ainda de acordo com o secretário, mil dessas doses serão para gestantes e puérperas que tomaram a primeira dose da AstraZeneca. Nesta segunda-feira (26), o Ministério da Saúde recomendou a intercambialidade de doses para a segurança do grupo. Além dessas, o DF deve receber 122.960 vacinas exclusivas para segundas doses.

A partir desta terça (27), a Secretaria de Saúde irá realizar a antecipação da imunização de seis mil professores que tomaram o imunizante da AstraZeneca. Quinta também será realizada uma repescagem dos profissionais da educação que não tomaram a vacina na Janssen.

Segundo Rocha, a meta é que, até o fim de agosto, 290 mil pessoas terminem o ciclo vacinal na capital.

No último domingo, a secretária finalizou o mutirão de vacinação contra a covid-19. De sexta a domingo, foram 138.807 doses aplicadas, sendo 112.610 primeiras doses e 26.197 segundas doses.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Junto a Gustavo, o secretário da Saúde, Osnei Okumoto, agradeceu o empenho das equipes de saúde que atuaram no mutirão. “Agradeço a dedicação dos profissionais de saúde da rede pública, parceiros da Secretaria de Saúde e voluntários, que não mediram esforços para que tudo desse certo, com segurança e tranquilidade”, afirmou o secretário.






Você pode gostar