Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Covid-19: DF registra 2.142 novos casos nesta segunda (1º)

Do total de 298.836 mil casos, 4.865(1,6%) faleceram em decorrência de complicações causadas pelo vírus e 283.885 (95,0%) estão recuperados

Por Guilherme Gomes 01/03/2021 7h05
Profissional de saúde realiza teste para o novo coronavírus em Brasília 21/04/2020 REUTERS/Ueslei Marcelino

O Distrito Federal (DF) registrou, nas últimas 24 horas, 2.142 novos diagnósticos de covid-19. Desde o início da pandemia, 298.836 pessoas já foram infectadas na capital e, nesta segunda-feira (1º), 10.086 casos estão ativos.

As regiões com mais casos confirmados são Ceilândia (32.568), Plano Piloto (28.112) e Taguatinga (23.972 . Nas últimas 24 horas foram registrados 27 óbitos, sendo que, deste total, sete faleceram nesta segunda.

Do total de 298.836 mil casos, 4.865(1,6%) faleceram em decorrência de complicações causadas pelo vírus e 283.885 (95,0%) estão recuperados. Do total de óbitos, 437 eram moradores de outros estados.

Com relação ao local de residência dos casos, 261.879 (87,6%) residem no DF e 23.492 (7,9%) residem em outras Unidades Federadas (UF), sendo que os municípios do entorno respondem pela maior proporção dos casos de outras UF.

Confira a data de ocorrência dos óbitos notificados em 01/03/2021

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Data de ocorrência n
31/01/2021 1
23/02/2021 1
26/02/2021 1
27/02/2021 8
28/02/2021 9
01/03/2021 7

Governador e empresários

Nesta segunda-feira (1º), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), se reuniu com lideranças do setor produtivo da capital para prestar esclarecimentos sobre as medidas restritivas adotadas para a contenção da Covid-19 na cidade.

Por meio do Twitter, Ibaneis disse que a taxa de transmissibilidade do vírus está muito alta e este foi o principal motivo para o decreto do fechamento. “É preciso reduzir a circulação de pessoas na cidade ou não vamos sair da crise”, escreveu o governador.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O governador do DF lembrou que no fim de semana abriu 60 novos leitos de UTI para covid-19 e imediatamente 54 deles foram ocupados. “Isso mostra a gravidade da situação no DF. O decreto de lockdown não me traz nenhum tipo de satisfação, pelo contrário. Mas eu não posso fugir das minhas responsabilidades”, desabafou.

Manifestações contra o lockdown

Comerciantes e empresários do DF se reuniram, neste domingo (28), no Lago Sul (DF) para protestarem contra o decreto do governador Ibaneis Rocha (MDB), que suspende todas as atividades e o funcionamento de estabelecimentos comerciais e industriais considerados não essenciais

O objetivo da manifestação no Lago Sul era chegar até a casa do governador, localizada no bairro nobre de Brasília. Em um primeiro momento, os manifestantes não conseguiram sucesso pois a via de acesso estava bloqueada pela Polícia Militar (PM). Entretanto, foram a pé até a porta da casa de Ibaneis. Com gritos de “Fora Ibaneis” os manifestantes se aglomeraram e foram acompanhados de perto pela PM.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar