Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Caso Lázaro: Força-tarefa intensifica incursões nos arredores de Cocalzinho

Neste fim de semana, a força-tarefa de mais de 200 policiais recebeu 40 rádio-comunicadores do Exército Brasileiro. O equipamento tem feito a diferença neste momento, já que área tem fraco sinal de comunicação

Foto: Divulgação

Após Moradores do distrito de Girassol, em Cocalzinho de Goiás-GO, afirmarem ter visto Lázaro Barbosa transitando pela mata na madrugada desta segunda-feira (21), as autoridades intensificaram as incursões nas regiões próximas ao local, na busca pelo suspeito de assassinato procurado há 13 dias.

Lázaro teria sido visto entre Girassol e Águas Lindas de Goiás-GO por volta de 2h. De acordo com as autoridades, conforme as investigações avançam, o cerco contra Lázaro vai se fechando. Neste fim de semana, a força-tarefa de mais de 200 policiais recebeu 40 rádio-comunicadores do Exército Brasileiro. O equipamento tem feito a diferença neste momento, já que área tem fraco sinal de comunicação.

A Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO) disse que reforçou a tarefa com uma equipe de inteligência da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e com dois cães do Corpo de Bombeiros de Goiás (CBMGO). Uma delas é a cadela Cristal, que participou das buscas por vítimas no desastre de Brumadinho-MG.

A SSP-GO criou também um disque-denúncia para que a população auxilie nas buscas por Lázaro. O número de telefone do “Disque-Lázaro” é: (61) 99839-5284. A Secretaria promete sigilo absoluto ao denunciante. Segundo as autoridades, são mais de mil ligações por dia. Porém, a maioria das informações irrelevantes ou trotes.






Você pode gostar