Menu
Brasília

Banco de Talentos estimula qualificação para mulheres em situação de vulnerabilidade

A Feira de Talentos é promovida pela Sejus em espaços gratuitos de comercialização de serviços e produtos confeccionados pelas empreendedoras

Redação Jornal de Brasília

20/05/2024 17h50

Foto: Agência Brasília

A Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus-DF) criou o projeto Banco de Talentos, que tem o objetivo de apoiar o empreendedorismo e fortalecimento econômico de mulheres em situação de vulnerabilidade social e violência. No programa, serão realizadas Feiras de Talentos, oferta de mentoria e oficinas e cursos de qualificação profissional.

“Por ser um desafio, é preciso coragem, planejamento e organização para as mulheres empreenderem”, reforça a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani. “Queremos incentivar mulheres à frente de negócios para que ocorra o crescimento econômico e a promoção da igualdade de gênero. Uma mulher inovadora inspira as outras.”

Oportunidade para todas

A Feira de Talentos é promovida pela Sejus em espaços gratuitos de comercialização de serviços e produtos confeccionados pelas empreendedoras participantes do projeto. A iniciativa é parte integrante do programa GDF Mais Perto do Cidadão, que ocorre nas regiões administrativas e durante o qual as mulheres têm a oportunidade de expor seus trabalhos em uma tenda específica. Em ação recente, artesãs do DF também puderam expor suas peças no CasaPark Shopping.

Como a participação na feira é voluntária, não gera relação de trabalho ou qualquer vínculo empregatício. A arrecadação e a gestão da venda de serviços/produtos comercializados serão de responsabilidade exclusiva de cada empreendedora. A atuação da Sejus abrange a articulação da viabilidade do espaço físico para incentivo ao empreendedorismo.

Como participar

O ingresso no projeto é feito por meio de encaminhamento da Sejus ou de quaisquer órgãos da rede de proteção à população do DF e Entorno ou por interesse da mulher que deseja prestar mentoria ao grupo. É preciso a instauração de processo no SEI à Subsecretaria de Apoio a Vítimas de Violência (Subav), com nível de acesso restrito ou por solicitação via e-mail ao endereço [email protected].

As interessadas devem enviar as informações pessoais, como nome completo, telefone, endereço, nível de escolaridade, identidade de gênero, raça/cor, profissão e/ou empreendimento realizado, além de imagens dos produtos e serviços realizados.

As mentorias, oficinas e os cursos serão promovidos por meio de parcerias entre a Sejus e órgãos, entidades ou profissionais habilitados, nos núcleos de atendimento do programa Direito Delas, a fim de oferecer aprimoramento e qualificação às participantes do projeto.

O projeto é destinado às mulheres maiores de 18 anos, que declarem estar nas seguintes situações:

1- Vítimas de violência que estejam em atendimento ou que foram atendidas/acolhidas por quaisquer um dos núcleos do programa Direito Delas, em situação de vulnerabilidade social ou com interesse em firmar independência financeira;

2 – Migrantes, refugiadas e apátridas em atendimento no programa Direito Delas e/ou acolhidas e encaminhadas aos parceiros da Rede de Acolhimento aos Migrantes e Refugiados;

3 – Interessada no projeto Banco de Talentos, estando em situação de vulnerabilidade social;

4 – Interessada e habilitada para ministrar mentorias e cursos para as demais contempladas no programa Direito Delas.

Confira, abaixo, as próximas capacitações:

→ Quinta (23)
2ª aula da oficina de papel machê
Local: Núcleo Direito Delas da Samambaia – Quadra QS 402, Conjunto G, Lote 1
Horário: das 9h às 12h

→ Terça (28)
1ª aula da oficina de crochê
Local: Núcleo Direito Delas Paranoá – Quadra 5, Conjunto 3 – Área Especial
Horário: das 14h às 17h

→ 4/6
2ª aula da oficina de crochê
Local: Núcleo Direito Delas Paranoá – Quadra 5, Conjunto 3 – Área Especial
Horário: das 14h às 17h

→ 6/6
1ª aula da oficina de bordado
Local: Núcleo Direito Delas Estrutural – Administração Regional da Cidade Estrutural
Horário: das 14h às 17h

→ 11/6
3ª aula da oficina de crochê
Local: Núcleo Direito Delas Paranoá – Quadra 5, Conjunto 3 – Área Especial
Horário: das 14h às 17h

→ 13/6
2ª aula da oficina de bordado
Local: Núcleo Direito Delas Estrutural – Administração Regional da Cidade Estrutural
Horário: das 14h às 17h.

As informações são da Agência Brasília

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado