Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Autoridades desmentem que advogado teria tentado negociar rendição de Lázaro

Em nota, a secretaria negou que isso tenha ocorrido e disse que está aberta caso alguém queira falar em nome do fugitivo

Foto: Divulgação

A Secretaria de Segurança Pública de Goiás desmentiu que um advogado criminalista do Distrito Federal tenha entrado em contato com a força-tarefa que atua na busca por Lázaro Barbosa, afim de intermediar uma possível rendição do foragido.

Em nota, a secretaria negou que isso tenha ocorrido e disse que está aberta caso alguém queira falar em nome do fugitivo.

Nesta terça-feira (22), as autoridades encontraram um lençol de cor sujo de terra e um serrote de cerca de um metro de comprimento em uma chácara próximo a Águas Lindas de Goiás, em um local chamado Águas Bonitas.
Os objetos foram encontrados em sacos plásticos transparentes. Os policiais usaram um cão farejador na operação, mas que não conseguiu traçar uma trilha de rastro do fugitivo.

As autoridades não informaram se os objetos encontrados após denúncia tem alguma ligação com Lázaro e os objetos foram levados para a perícia, além de um carro encontrado queimado próximo do local, mas a perícia ainda não conseguiu concluir se ele foi utilizado por Lázaro.

Lázaro Barbosa é acusado de assassinar a família Vidal, em 9 de junho, no Incra 9, em Ceilândia Norte, e é procurado por forças de segurança federais, do DF e de Goiás, há 14 dias.






Você pode gostar