Menu
Brasília

42.411 moradores do DF foram se vacinar em GO

O secretário de Saúde, do Distrito Federal, Osnei Okumoto, disse que o DF não incentiva a ida a outras localidades para se vacinar

Catarina Lima

01/07/2021 18h49

Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde

De acordo com levantamento do Monitora Covid, plataforma do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), até o dia 22 de junho, 42.411 moradores do DF se vacinaram contra covid no estado de Goiás, e 34.903 pessoas que residem em Goiás foram vacinados no DF. Entre outros detalhes, o trabalho também registrou o deslocamento de 3.802 moradores da capital do país para se vacinar em São Paulo e 3.536 de moradores daquele estado que receberam a vacina no DF.

O secretário de Saúde, do Distrito Federal, Osnei Okumoto, disse que o DF não incentiva a ida a outras localidades para se vacinar e alertou que a segunda dose só será garantida a pessoas imunizadas em outros estados em casos excepcionais. A SES determina que quem tiver tomado a primeira dose em outro estado só poderá receber a segunda no DF se apresentar uma justificativa junto à ouvidoria do órgão. A ideia com isso é evitar que faltem doses para completar a imunização de quem tomou a primeira no DF.

O levantamento realizado pela Fiocruz acerca do deslocamento da população brasileira em busca de vacinas constatou que até a data da conclusão do trabalho, no dia 22 de junho, 15% do total de doses aplicadas foram fora do município de residência da pessoa vacinada, o que contabiliza 11,3 milhões de doses. A cada seis doses aplicadas, uma foi em alguém que se deslocou a outro município para a vacinação.

A distância média percorrida por brasileiros em busca de vacinas é de 252 quilômetros, podendo se estender até 3 mil quilômetros, como é o caso de 368 pessoas que vivem no Acre e foram vacinadas no DF, a 2.594 quilômetros de suas residências. Até agora a Secretaria de Saúde do DF vacinou 112.932 pessoas de outros estados com a primeira dose e 46.413, com a segunda. Fazem parte desta lista pessoas de todas as unidades da federação. Dos 5.570 municípios do país, 2.886 (51%) aplicaram menos doses que a média nacional.

A partir de maio, a Fiocruz observou uma tendência de crescimento no percentual de procura por doses fora do município de residência, principalmente para a segunda dose. Mesmo comportamento é observado, com maior intensidade, no grupo prioritário de faixa etária. Destacam-se também as tendências de crescimento do percentual nas outras categorias de grupos prioritários.

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado