Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Reconhecendo sinais de abuso em alunos e como você pode ajudar

Por Philip Ferreira 29/06/2022 10h22

Existem muitas formas de abuso, e cada uma pode ter efeitos a longo prazo em uma criança. Professores e administradores escolares têm uma posição única como cuidadores das crianças. É importante reconhecer os sinais de abuso nos alunos e aprender como você pode ajudar. 

Se você suspeitar que uma criança está sendo abusada, denunciá-la pode ajudá-la. Muitos estados têm leis de denúncia obrigatória que exigem que professores e administradores escolares denunciem suspeitas de abuso. Isso torna a denúncia de abuso uma responsabilidade legal, não apenas uma obrigação moral.

Sinais de abuso

Reconhecer os sinais de abuso – não importa o tipo – é crucial para poder ajudar esses alunos e evitar mais abusos. Embora o objetivo principal da escola seja fornecer uma educação acadêmica, se as crianças não se sentirem seguras, sua educação será prejudicada.

Sinais físicos

  • Lesões inexplicáveis ​​que não correspondem à explicação da criança ou a criança fornece explicações variáveis
  • Queimaduras
  • Contusões
  • Má higiene ou falta de suprimentos de higiene
  • Mal vestido
  • Problemas com a alimentação
  • Falta de crescimento
  • Ganho de peso insalubre ou perda de peso

Sinais Comportamentais

Muitos sintomas de abuso estão relacionados a mudanças de comportamento. Algumas crianças vão agir, e outras ficarão quietas. É importante considerar o comportamento normal de uma criança específica e o que é uma mudança em seu comportamento.

  • Afastamento de pessoas e atividades ou falta de interesse em atividades
  • Aumento do abuso ou agressão contra os outros
  • Hiperatividade, raiva ou comportamentos destrutivos
  • Mudanças no comportamento típico ou desempenho escolar
  • Comportamentos rebeldes ou desafiadores
  • Depressão ou ansiedade
  • Medos novos ou incomuns
  • Perda de confiança ou auto-estima
  • Roubar ou esconder comida
  • Regressão no comportamento ou perda de habilidades anteriores
  • Conhecimento sexual inadequado para sua idade ou contato sexual com outras crianças
  • Tentativas de fugir, falta de vontade de ir para casa ou evitação de situações específicas
  • Automutilação ou tentativas de suicídio
  • Desesperado por atenção
  • Ausências frequentes

O abuso pode levar a muitas emoções diferentes nas crianças, incluindo confusão, vergonha, culpa e medo. Esses sentimentos contribuem para a incapacidade da criança de contar aos outros o que está acontecendo ou entender que não é o problema.

Como você pode ajudar

É importante lembrar que os sinais de abuso não garantem que o abuso esteja presente, mas podem ser avisos de situações potencialmente abusivas. Se você suspeitar que uma criança está sendo abusada, há muitas maneiras de ajudá-la. Duas das maiores coisas que você pode fazer são ouvi-los e denunciar a suspeita de abuso.

Denúncia de abuso infantil

Todas as escolas devem ter políticas sobre como lidar com suspeita de abuso e como denunciá-lo. Os professores geralmente são obrigados a informar a administração da escola sobre suspeita de abuso e, às vezes, são os primeiros a relatar os sintomas às autoridades locais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Pode ser útil que os professores mantenham um registro dos sinais que veem. Isso pode ajudar a manter os detalhes corretos e pode ser benéfico para as autoridades se algo precisar ser relatado. À medida que você vê sinais questionáveis, também pode ser útil conversar com outros professores que trabalham com a criança e aprender o que eles observaram, garantindo a confidencialidade adequada.

Outras maneiras de ajudar as crianças

Converse com as crianças e ouça-as. Através de suas palavras e ações, deixe a criança saber que você é uma pessoa segura para se estar por perto. Ajudar as crianças a se sentirem seguras e confortáveis ​​ao seu redor é o primeiro passo e deve ocorrer antes de qualquer sinal de problema. Se você reconhecer sinais de abuso, é essencial continuar construindo sobre essa base.

Coisas específicas para ajudar uma criança a se sentir segura incluem:

  • Usar tons casuais e não ameaçadores ao falar
  • Usando o vocabulário, a criança pode entender
  • Dar à criança oportunidades para se abrir e falar
  • Evitando julgamento e culpa
  • Mostrando a criança, você confia nela e acredita no que ela diz
  • Fornecer lugares para a criança se sentir pertencente
  • Identificando os pontos fortes da criança

Essas coisas podem ajudar a criança a se sentir respeitada e valorizada quando ela pode não se sentir assim. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Se houver uma habilidade com a qual eles estão tendo dificuldades, como resolução de problemas ou resolução de conflitos, considere usar atividades para ajudar a ensinar essa habilidade. Isso pode beneficiar todos os alunos em aprendizado e aqueles que sofrem abuso.

Relatar sinais de abuso pode ser assustador ou intimidador. Saiba que denunciar sinais de abuso é uma forma de cuidado e não é o mesmo que uma denúncia. Ao relatar sinais de abuso, você está dando a outras autoridades a chance de garantir que uma criança esteja segura.








Você pode gostar