fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Do Alto da Torre

Rodrigo Delmasso entra na polêmica da Natura

“Sinceramente, não consigo entender o motivo da Natura pegar uma mulher que fez uma transformação para ser símbolo dos pais”, escreveu ele no Twitter

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Hylda Cavalcanti e Catarina Lima

Evangélico, o vice presidente da Câmara Legislativa do DF, deputado Rodrigo Delmasso (Republicanos), se engajou de vez nas campanhas que têm sido feitas nas mídias sociais contra a iniciativa da empresa Natura de estrelar a propaganda do dia dos pais com a transexual Thammy Miranda.

Afronta? – “Sinceramente, não consigo entender o motivo da Natura pegar uma mulher que fez uma transformação para ser símbolo dos pais”, escreveu ele, em sua página no Twitter. Delmasso ainda considerou o gesto uma “atitude canalha” e “afronta à família tradicional brasileira”. O caso deve dar o que falar entre os colegas.

Na pauta

Está na pauta de votações do Senado para hoje (5) o projeto de autoria do senador Izalci Lucas (PSDB-DF) que passa a impedir que recursos destinados ao setor de Ciência e Tecnologia sejam bloqueados pelo Executivo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Necessidade” – O senador deflagrou, no último mês, uma verdadeira campanha para pedir o apoio da população e dos parlamentares à matéria. “É um projeto de grande importância para a pesquisa científica no Brasil e precisa ser aprovado”, disse.

Nova ferramenta

Está no ar o Sistema de Propostas ao Caderno de Emendas Parlamentares (Siscaep), lançado ontem pela Secretaria de Economia do DF. A ferramenta consiste, na prática, num catálogo com sugestões aos parlamentares de ações tecnicamente analisadas pelo Executivo.

Lei orçamentária – Será apresentado aos deputados distritais com o objetivo de auxiliar a proposição de emendas ao Projeto de Lei Orçamentária Anual. O projeto referente ao exercício de 2021, segundo o GDF, está em elaboração e será encaminhado à Câmara Legislativa até 15 de setembro.

Estacionamentos

O deputado distrital Chico Vigilante (PT) fez duras críticas, ontem, ao projeto de instalação do polêmico sistema de estacionamentos em locais públicos com cobrança pela iniciativa privada, que está em curso pelo Governo do Distrito Federal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Sem participação” – Segundo ele, a audiência pública que tratou do tema, instrumento previsto legalmente para iniciativas desta natureza, foi realizada na última sexta-feira (31) em local apertado, com apenas 12 lugares destinados ao público.

Furtos e isenções – Vigilante ainda reclamou da falta de cláusula contratual no projeto para regular o que será feito em caso de furto ou dano dos veículos. E também da ausência de normas sobre isenções para veículos de órgãos públicos (como ambulâncias), taxis e ubers.

Portaria

O deputado distrital Robério Negreiros (PSD) comemorou a portaria conjunta, publicada ontem pelas secretarias de Trabalho e da Pessoa com Deficiência, que estabelece diretrizes e competências para a cooperação mútua em ações e projetos nas áreas de trabalho para a população com deficiência.

Mais inclusão – O objetivo é apoiar a inclusão da pessoa com deficiência na economia do DF, por meio de um conjunto de atividades econômicas relacionadas às políticas públicas de trabalho, emprego, renda e empreendedorismo. Negreiros, conforme contou, destinou recursos, via emenda parlamentar, para permitir a efetividade do programa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Manifestações

O mais novo balanço do Ministério Público do DF (MPDFT) constatou que, no período entre 6 de março e 7 de julho, das 2.882 manifestações recebidas pela ouvidoria do órgão, 810 foram relacionadas ao novo coronavírus – cerca de 30% do total.

Insuficiência – O setor atua na coordenação da força-tarefa do MPDFT no combate à covid-19. A ausência ou insuficiência de ações no combate à doença nas instituições de saúde do DF segue como o principal ponto indicado pela população.

Absorventes

Projeto protocolado pela deputada distrital Arlete Sampaio (PT) prevê a distribuição gratuita de absorventes em escolas e Unidades Básicas de Saúde (UBSs) para mulheres em situação de vulnerabilidade e estudantes da rede pública no Distrito Federal.

Alteração – O texto altera a Lei 6.569, de 5 de maio de 2020, que trata da Política de Assistência Integral à Mulher, e inclui direitos fundamentais à saúde das mulheres que não foram contemplados pela norma.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

ECA

O deputado distrital Fábio Félix (Psol) foi um dos participantes de debate promovido pelo MPDFT sobre os 30 anos do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), com avaliação de itens do texto que precisam ser melhor analisados pela sociedade.

Sob ataque – De acordo com Félix, debates do tipo são importantíssimos. “O ECA está sob ataque e precisamos somar todos os esforços na defesa dos direitos da nossa infância e juventude”, afirmou o parlamentar.

Reconhecimento

Moradores da Colônia Agrícola Sucupira, no Riacho Fundo I, que está passando por obras diversas de recapeamento asfáltico, homenagearam na última semana o deputado distrital Valdelino Barcelos (PP).

Emenda – Ao serem entrevistados por uma equipe de reportagem, não apenas eles como a administradora da Região Administrativa, Ana Lúcia Melo, destacaram o empenho do distrital, que apresentou emenda parlamentar para a execução dos trabalhos.

Documentos

Decisão do TJDFT deu alívio para quem sofre com a demora na entrega de documentos dos seus veículos. O juiz da 14ª Vara Cível de Brasília condenou empresa revendedora a indenizar um consumidor por ter esperado mais de seis meses por esses papeis.

Falha legítima – De acordo com o magistrado que deu a decisão, o atraso impediu a regularização do automóvel e configura falha na prestação do serviço. Uma morosidade que, na avaliação do tribunal, “ultrapassou a esfera do mero aborrecimento do cotidiano”.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade