fbpx
Siga o Jornal de Brasília

de Passagem

Quando a Natureza queima, o Turismo também vira cinzas…

Turismo e Meio Ambiente estão intimamente conectados.

André Perotto & Alfredo Moreira

Publicado

em

PUBLICIDADE

Turismo e Meio Ambiente estão intimamente conectados. Nesse cenário do novo normal, o ecoturismo ganhou ainda mais destaque por ter o isolamento como premissa. Em um ano onde esses refúgios serviriam de abrigo, incêndios florestais assolaram o Brasil e o Mundo.

Já tivemos a oportunidade de registrar nesta coluna o panorama devastador do fogo no Pantanal e seus impactos sobre o turismo. Mais uma vez, o colunista André Perotto esteve à frente das operações de combate, dessa vez na Chapada dos Veadeiros.

“Já estava monitorando desde a segunda quinzena de setembro a situação crítica na região de Alto Paraíso, estado de Goiás. As condições climáticas estavam favoráveis para o início de mais um desastre ambiental. Temperatura alta, ventos fortes e a baixíssima umidade eram temperos perfeitos para um grande incêndio. 

Ao mesmo tempo, esses mesmos parâmetros ambientais são um convite para conhecer o paraíso que é a região da Chapada dos Veadeiros. Trilhas, muita natureza e uma infinidade de cachoeiras atraem pessoas do mundo todo (nesse momento quase que só Brasileiros). 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Recém reaberta para visitação, empresários estavam ansiosos em receber turistas no fim da sua alta temporada, que compreende o período entre maio e setembro. Registro aqui que por onde passei, os protocolos em relação ao Covid-19 foram bem implementados e cumpridos, em especial na Pousada Araras, nossa casa por quase 2 semanas. 

Aeronave ajudando na luta contra o fogo

Cheguei na sexta feira dia 02 de outubro e o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros acabara de ser fechado por motivos de segurança, incêndios estavam muito próximos dos principais atrativos da Unidade de Conservação. O empresariado sentiu o baque, cancelamentos ocorreram mas mesmo assim ainda houve certa ocupação pois foi em cima da hora e os viajantes decidiram mesmo assim sair de casa e curtir atrativos fora do Parque.

A angústia ficava mais forte pois viria um fim de semana prolongado em decorrência do feriado do dia 12 de outubro, uma segunda feira. Será que o PNCV iria reabrir?! Será que as pessoas iriam cancelar por esse motivo?! Acompanhei de perto e senti na pele a aflição do trade turístico, afinal tive Hostel por 7 anos e a Chapada sempre foi meu quintal. 

A operação liderada pelo Icmbio e  Corpo de Bombeiros de Goiás foi intensa e árdua. Brigadistas incansáveis deram seu máximo. A região tem um poder de mobilização incrívele a Rede Contra Fogo da Chapada dos Veadeiros teve um papel importantíssimo, são heróis anônimos. 

Bem próximo ao fim de semana, o Icmbio entendeu ter a situação sob controle e liberou a visitação do Parque, fato comemorado por todos. Ainda faltava a extinção completa dos incêndios. O brigadista São Pedro ajudou bastante no sábado e domingo e hoje, nosso bravo e resiliente cerrado começa seu processo de recuperação. Há quem diga que o fogo faz parte da vida desse nosso bioma, mas não dessa forma ano após ano.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mais do que nunca precisamos entender e assimilar a questão da sustentabilidade. Turismo e Natureza andam sempre de mãos dadas. Fica novamente nosso convite para conhecer a Chapada do jeito que ela merece, igual a obra de arte do incomparável fotógrafo André Dib abaixo:

Foto: André Dib

#VemProCerrado

Foto em destaque: Rede Contra Fogo Chapada dos Veadeiros




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade