Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Torcida

Seleção feminina de tênis de mesa perde para Hong Kong e está fora da Olimpíada

A eliminação das brasileiras veio após derrota por 3 a 1 para Hong Kong, no Ginásio Metropolitano de Tóquio, em jogo válido pelas oitavas de final

Brazil’s Bruna Takahashi competes during their women’s team round of 16 table tennis match at the Tokyo Metropolitan Gymnasium during the Tokyo 2020 Olympic Games in Tokyo on August 1, 2021. (Photo by ADEK BERRY / AFP)

A seleção feminina de tênis de mesa do Brasil estreou na disputa por equipes dos Jogos Olímpicos de Tóquio no início da madrugada deste domingo, horário de Brasília (tarde no Japão), e não conseguiu avançar de fase. A eliminação das brasileiras veio após derrota por 3 a 1 para Hong Kong, no Ginásio Metropolitano de Tóquio, em jogo válido pelas oitavas de final.

Apesar da derrota, o resultado foi valorizado pelas atletas. Carol Kumahara, que não participou das competições individuais nos dias anteriores, jogou pela a primeira vez na Olimpíada e foi a única brasileira a vencer um duelo no desafio contra a equipe asiática. Para ela, o mais importante foi constatar que o Brasil jogou no mesmo nível que as adversárias.

“Estou muito feliz, consegui jogar muito bem. Foi uma longa espera aqui, não é fácil o primeiro jogo e ter jogado nesse nível foi muito bom. No Pan também foi assim, o que me deu confiança. Foi desafiador, a exigência de nível era muito alta. Conseguimos enfrentá-las de igual para igual e isso mostra a nossa evolução”, analisou Kumahara.

A disputa começou com um duelo de duplas. As representantes do Brasil, Jessica Yamada e Kumahara até deram trabalho para Wai Yam Minnie Soo e Ho Ching Lee, mas perderam por 3 sets a 0. Na sequência, o placar foi repetido por Hong Kong no primeiro duelo individual, entre Bruna Takahashi e Hoi Kem Doo.

Com o 2 a 0 no placar geral após a vitória nas duas primeiras partidas, a equipe asiática precisava vencer mais uma para garantir a classificação, mas Carol Kumahara adiou a eliminação brasileira. Em um jogo duro contra Ho Ching Lee, ela começou vencendo por 2 a 0 e deixou a adversária empatar, mas garantiu o triunfo por 3 a 2 ao vencer o último set.

A missão de buscar o empate caiu nas mãos de Jessica Yamada, que ficou encarregada de enfrentar Kem Hoi Doo. A brasileira foi derrotada no primeiro set e venceu o segundo para deixar tudo igual, mas perdeu de novo nos dois seguintes e não conseguiu evitar o adeus da equipe do Brasil.

O tênis de mesa chegou a despertar esperança de medalha brasileira na disputa individual, já que Hugo Calderano fez uma campanha muito sólida até cair nas quartas de final para o alemão Dimitrij Ovtcharov. Gustavo Tsuboi foi eliminado nas oitavas, enquanto Jessica Yamada e Bruna Takahashi caíram durante as fases eliminatórias. Resta ainda a disputa por equipes masculina, na qual o Brasil enfrenta a Sérvia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar