Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Torcida

Ronaldinho Gaúcho é intimado a pagar pensão da ex em até sete dias

Craque pode ter bens penhorados e até ser preso caso não cumpra a ordem judicial. Advogado da ex-esposa crava: “Agora é pagar ou pagar”

O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho está na mira da Justiça. Ronaldo de Assis Moreira tem até o dia 1º de dezembro para pagar a dívida de pensão que tem com a ex-noiva Priscilla Coelho e, caso não cumpra o pedido de execução, poderá ter os bens penhorados e até ser preso.

Ronaldinho foi citado no último dia 11 de novembro, após dezenas de tentativas de oficiais de Justiça do Rio de Janeiro para encontrá-lo. O advogado de Priscilla, Bruno Medrado, tem boas expectativas desta vez. “Se ele quiser reverter essa decisão, ele tem que ir no processo principal, que foi o que deferiu esta pensão provisória de alimentos. Agora é pagar ou pagar”, disse o defensor. A informação é do jornal Extra.

O processo principal, movido por Priscilla em 2019, corre em segredo de justiça. A mulher alega ter sido noiva de Ronaldinho durante seis anos. A pensão provisória de alimentos foi deferida no ano passado e arbitrada em cerca de R$ 100 mil por mês.

Ronaldinho está no Qatar, onde cumpre uma agenda profissional








Você pode gostar