Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Torcida

Pesquisa diz que maioria dos fãs apoia que Copa do Mundo seja mais frequente

A pesquisa foi realizada com a participação pessoas de 23 diferentes países integrantes das seis confederações continentais filiadas à Fifa

Uma pesquisa realizada pelas companhias IRIS e YouGov, em julho deste ano, cujos resultados foram divulgados nesta quinta-feira, indicaram que a maioria os fãs de futebol apoia a ideia de que a Copa do Mundo seja mais frequente e que a realização de dois em dois anos seria a melhor solução. A enquete fez parte de um estudo de viabilidade sobre a realização da competição, solicitado pela Fifa.

“Há diferenças consideráveis entre os mercados futebolísticos ‘tradicionais’ e os mercados em desenvolvimento e as gerações mais jovens, de todas as regiões estão mais abertas e interessadas nas mudanças do que as mais velhas”, indicou um comunicado oficial divulgado nesta quinta-feira pela entidade.

A pesquisa foi realizada com a participação de 23 mil pessoas, de 23 diferentes países, integrantes das seis confederações continentais filiadas à Fifa. Ao todo, 15 mil entrevistados afirmaram ter interesse no futebol e na Copa do Mundo.

Os dados específicos sobre esse grupo de fãs declarados serão utilizados em um outro processo de consulta, mais amplo e realizado em diferentes fases, com cerca de 100 mil participantes, de 100 diferentes nações.

“Terá um alcance mais global, ajustará elementos como a população, a diversidade geográfica, a história e o potencial futebolístico, e abordará a frequência de realização das Copas do Mundo masculina e feminina”, indicou a Fifa no comunicado oficial.

Entre os 23 países que tiveram entrevistados entre 29 de junho e 9 de julho deste ano, esteve o Brasil, assim como África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Bolívia, Canadá, Chile, China, Colômbia, Egito, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, Holanda, Índia, Indonésia, Inglaterra, Japão, México, Nigéria, Nova Zelândia, Suécia e Turquia.

Estadão Conteúdo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar