Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Pan de Lima: cinco medalhas vieram de Brasília

O Brasil trouxe no total 171 medalhas. Brasilienses brilharam na competição que aconteceu no Peru em diversas categorias, como salto ornamental, vôlei de praia e natação

Publicado

em

Foto : Abelardo Mendes Jr/ Rede do Esporte

Pedro Marra
[email protected]

Brasília teve uma participação de respeito nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru. A competição terminou no último domingo (11), com várias medalhas de atletas brasilienses.

Um deles é Kawan Figueiredo, 17, atleta de salto ornamental que ganhou a medalha de bronze na categoria plataforma 10m. Morador do Gama, o atleta nasceu no Piauí, mas chegou em Brasília ainda com três anos. Ele ganhou o terceiro lugar junto de Isaac Souza, 20 anos.

“Eu pensava muito na minha família na hora que recebi a medalha. Esse Pan serviu de aprendizado para mim, pois cresci tanto fisicamente como mentalmente com essa medalha de bronze.”

Kawan deu os primeiros saltos no Centro Olímpico e Paralímpico (COP) do Gama, onde passou por outras modalidades, como capoeira e futsal, antes de iniciar os saltos ornamentais. Atualmente, ele treina no Centro de Excelência em Saltos Ornamentais da UnB.

O jovem recebe apoio do Bolsa Atleta, na categoria Nacional, do GDF. Hoje, o atleta pertence ao Instituto Pro Brasil, coordenado pelo professor Ricardo Moreira, que destaca a disciplina do atleta no comportamento de Kawan.

“É um garoto muito disciplinado e dedicado, pois ele treina cerca de quatro horas por dia de segunda a sábado aqui na UnB, acorda 5h para poder treinar de 7h às 11h, e depois vai à escola, volta de ônibus para casa, e chega por volta de 21h. É por isso que ele alcança esses resultados.”

Ângela Lavalle, 38 anos, é outra medalhista da capital. Ela levou o bronze no vôlei de praia ao lado da cearense Carol Horta. A conquista veio no último dia 30 de julho, por dois setes a zero, contra as cubanas Delís e Martínez.

“O nosso circuito é considerado o melhor do mundo, e eu me sinto privilegiada de ter conquistado essa medalha, que para mim valeu ouro porque buscamos o nosso melhor”, vibra.

Outros dois atletas brasilienses são a nadadora brasiliense Manuella Lyrio, prata no revezamento 4x100m e o bronze, no 4x200m; e Aboubacar Drame, bronze no vôlei masculino.


Você pode gostar
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade