fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Palmeiras equilibra elenco, mas ainda tem quatro laterais esquerdos

A troca no comando do departamento do futebol e a contratação de Vanderlei Luxemburgo resultaram no enxugamento do elenco

Avatar

Publicado

em

Foto: Cesar Greco
PUBLICIDADE

O Palmeiras mudou a postura no mercado com a saída de Alexandre Mattos e a chegada de Anderson Barros. A troca no comando do departamento do futebol e a contratação de Vanderlei Luxemburgo resultaram no enxugamento do elenco.

O equilíbrio do grupo alviverde se estende por quase todas as posições do time, com exceção da lateral esquerda. Das 30 opções do elenco, 4 estão no setor, que conta com Diogo Barbosa, Victor Luís, o uruguaio Matias Viña e Lucas Esteves, promovido ao time profissional nesta temporada.

O Palmeiras começou o ano com a mesma dupla de 2019: Diogo Barbosa e Victor Luís. No fim de janeiro, inaugurou suas compras no mercado com a contratação de Vinã, de 22 anos, pagando 3,5 milhões de euros (R$ 16,5 milhões na cotação da época) por 50% de seus direitos econômicos.

O time conseguiu diminuir o número de jogadores do elenco de 33 para 30. O clube acertou a saída de dez jogadores: Fernando Prass, Antônio Carlos, Thiago Santos, Jean, Hyoran, Matheus Fernandes, Carlos Eduardo, Deyverson, Borja e Henrique Dourado, enquanto Edu Dracena se aposentou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A diretoria alviverde ainda promoveu seis atletas da base: Lucas Esteves, Alan, Gabriel Menino, Patrick de Paula, Gabriel Veron e Wesley. Dois reforços chegaram ao clube. Além de Viña, o atacante Rony.

O elenco do Palmeiras conta hoje com três goleiros, cinco zagueiros, dois laterais direitos, quatro laterais esquerdos, cinco volantes, quatro meias e sete atacantes.

As informações são da FolhaPress




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade