fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Minas Brasília relata ameaça de árbitro no Brasileirão Feminino A1

“Se não sair da minha frente, irei te derrubar”, teria dito o juiz da partida a uma atleta do Minas no jogo contra o Cruzeiro, na noite de sábado (10)

Willian Matos

Publicado

em

Foto: Agência i7
PUBLICIDADE

O Minas Brasília entrou em campo na noite de sábado (10) para enfrentar o Cruzeiro, pela 14ª rodada do Brasileirão Feminino A1 — a penúltima da primeira fase. Tratava- se de um confronto direto, já que as duas equipes lutavam para escapar do rebaixamento.

As brasilienses saíram derrotadas por 2×0, mas os erros de arbitragem marcaram a partida. De acordo com o Minas, o árbitro principal do duelo cometeu mais do que equívocos.

No fim do segundo tempo, quando a partida já estava 2×0 para o Cruzeiro, a zaga celeste acabou se atrapalhando após cruzamento na área, e a bola bateu no braço de uma atleta do clube mineiro, como mostra o vídeo abaixo:

No fim da partida, as atletas do Minas vieram a público relatar que o árbitro Michel Patrick Costa Guimarães confessou ter visto a penalidade. Michel ainda teria feito ameaças às jogadoras do time candango. “Eu sei, eu vi [o pênalti]. E se você não sair da minha frente, eu vou te derrubar”, teria dito o juiz a uma jogadora.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O clube postou nas redes sociais um desabafo da lateral-esquerda Laine. No vídeo, a atleta relata ainda que a presença de torcida no estádio Sesc Alterosa, em Belo Horizonte-MG:

Expulsão confusa

Além da suposta ameaça e do erro na não marcação do pênalti, uma expulsão confusa também chamou atenção. No lance abaixo, o árbitro expulsou a atleta de camisa 7 pela falta cometida. No entanto, nota-se que a autora da falta foi a jogadora de camisa 22:

Já neste domingo (11), o Minas fez um posicionamento formal sobre os ocorridos. Até a última atualização desta reportagem, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não havia feito nenhum tipo de comentário sobre as acusações.

Leia o posicionamento do Minas Brasília na íntegra:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Foto: Reprodução/Twitter

 

 

 

 




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade