fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Grêmio vence Coritiba em casa e se reabilita no Brasileirão

A vitória levou o Grêmio aos 17 pontos, abrindo distância para a zona de rebaixamento

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE
O Grêmio quebrou uma sequência de quatro jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro ao derrotar o Coritiba pelo placar de 2 a 1, na noite desta quarta-feira, na sua arena, pela 14ª rodada. A reabilitação veio com gols de Luiz Fernando e David Braz. Nathan Silva diminuiu na etapa final.

A vitória levou o Grêmio aos 17 pontos, abrindo distância para a zona de rebaixamento. O Coritiba, por outro lado, voltou a perder e continuou dentro da degola, com apenas 12 pontos conquistados em 14 jogos disputados na competição, fazendo com que o técnico Jorginho comece a balançar no cargo.

Com o pior ataque do Brasileirão e ainda sem Ricardo Oliveira, o Coritiba foi para Porto Alegre e pouco conseguiu pressionar o Grêmio no primeiro tempo, com exceção de um gol de Robson, que acabou sendo anulado pelo VAR. O árbitro assinalou impedimento do atacante, que havia feito uma linda jogada para marcar.

Mas antes, o Coritiba já havia levado dois gols. Acostumado a pressionar no início de dos jogos, o Grêmio foi feliz em abrir o placar logo aos dois minutos. Diogo Barbosa cruzou na medida para Luiz Fernando, que só teve o trabalho de empurrar. O segundo foi aos dez. Pepê arriscou de longe e viu a bola cair nos pés de David Braz. O zagueiro, como um camisa 9, jogou no fundo das redes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após ter o gol anulado, o Coritiba caiu de produção e voltou a assistir o Grêmio jogar. O time gaúcho, no entanto, não teve pressa, fez a bola rolar até encontrar Matheus Henrique. O volante exigiu boa defesa do goleiro Wilson para evitar um placar ainda mais elástico na Arena.

Jorginho mexeu no intervalo e abriu mão de um zagueiro para colocar o time para frente, principalmente com a entrada de Neílton. O Coritiba tentou uma pressão, mas viu um Grêmio praticamente todo postado defensivamente, com a clara intenção de se poupar e segurar a vantagem construída na etapa inicial.

Sem conseguir infiltrar a defesa adversária, o Coritiba conseguiu diminuir na bola parada. Após cobrança de escanteio, Nathan Silva apareceu sozinho para desviar para o fundo das redes. O gol acordou o Grêmio, que começou a criar boas oportunidades no contra-ataque. Em uma delas, Guilherme Azevedo fez Wilson trabalhar com os pés.

Nos minutos finais, o Coritiba se atirou totalmente ao ataque, mas não conseguiu buscar o empate. O Grêmio também não se escondeu e ainda tentou com Guilherme Azevedo, mas sem sucesso. Renato Gaúcho, então, aproveitou para colocar Marcelo Oliveira em campo. O volante não jogava há mais de um ano por conta de uma sequência de lesões. Ele fez sua despedida do futebol para virar supervisor da equipe gaúcha.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na próxima rodada, o Coritiba enfrenta o Fortaleza no sábado, às 19h, no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR). No domingo, às 16h, o Grêmio visita o Santos na Vila Belmiro, em Santos (SP).

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 2 X 1 CORITIBA

GRÊMIO – Vanderlei; Victor Ferraz, Paulo Miranda, David Braz e Diogo Barbosa; Lucas Silva (Guilherme Azevedo), Matheus Henrique e Robinho (Maicon); Luiz Fernando (Thaciano), Diego Souza (Isaque) e Pepê. Técnico: Renato Gaúcho.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CORITIBA – Wilson; Natanael, Rodolfo Filemon (Nathan Silva), Sabino e William Matheus; Hugo Moura (Pablo Thomaz), Ramón Martinez (Neilton), Matheus Sales e Guilherme Biro (Giovanni Augusto); Robson e Gabriel (Yan Sasse). Técnico: Jorginho.

GOLS – Luiz Fernando, aos dois e David Braz, aos dez minutos do primeiro tempo. Nathan Silva, aos 26 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Ramon Abatti Abel (SC)

CARTÕES AMARELOS – Matheus Henrique e Paulo Miranda (Grêmio); Neílton e Ramon Martínez (Coritiba)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

LOCAL – Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade