Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Torcida

Grêmio busca empate com reservas do Flamengo e segue ameaçado

Mesmo com reservas, a equipe de Renato Gaúcho chegou a abrir 2 a 0. No fim, o placar de 2 a 2 minimizou o prejuízo gremista

Por FolhaPress 24/11/2021 5h51

O Grêmio arrancou empate com o Flamengo, nesta terça-feira (23), em jogo atrasado da segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo em Porto Alegre foi cheio de tensão pela briga do time gaúcho para evitar o rebaixamento. Mesmo com reservas, a equipe de Renato Gaúcho chegou a abrir 2 a 0. No fim, o placar de 2 a 2 minimizou o prejuízo gremista, mas não ofuscou a volta de De Arrascaeta em grande estilo.

Vitinho marcou os dois gols do Flamengo, enquanto Borja e Ferreira fizeram para o Grêmio.

O time gaúcho teve Jhonata Robert expulso dentro das quatro linhas e Brenno levando cartão vermelho, mesmo no banco de reservas.

O Flamengo, agora, pensa 100% na final da Copa Libertadores. No sábado (27), o time enfrenta o Palmeiras, no estádio Centenário, em Montevidéu, atrás do terceiro título da América.

Na próxima rodada, o Grêmio visita o Bahia em confronto direto contra o rebaixamento. O jogo em Salvador acontece na sexta-feira (26), às 19h (horário de Brasília).

A partida teve primeiro tempo sem emoção, mas tudo ficou guardado para a etapa final. O Grêmio chega aos 36 pontos, quatro a menos que o Juventude – primeiro time fora do Z4.

RENATO FALA EM INCOMPETÊNCIA

Antes de a bola rolar, Renato Gaúcho falou ao Premiere sobre o jogo e as consequências de uma vitória do Flamengo na briga do Grêmio para fugir do rebaixamento.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

É difícil ver o clube onde comecei a jogar, ganhei muitos títulos como jogador e treinador, numa situação dessas.

Muita gente falando que o Flamengo pode derrubar o Grêmio, mas quando um time cai para a Segunda Divisão, e espero que o Grêmio não caia, é por tudo que fez no campeonato, não por 90 minutos. Alguém vai apagar a luz, uma hora. A luz, quem apagou foi a incompetência, digamos assim, durante o campeonato todo”, disse.

PRIMEIRO TEMPO SONOLENTO

A atuação do Grêmio não parecia ser de um time que precisa desesperadamente da vitória. Com uma dose (constante) de ansiedade, a equipe criou poucas chances até o intervalo. Não repetiu o ritmo intenso da atuação contra o Bragantino e ao longo da primeira etapa passou a ceder mais espaços em frente à área.

A grande oportunidade na parte inicial do jogo nasceu de bola levantada na área, com cabeceio de Jhonata Robert, que foi salva em cima da linha por Gustavo Henrique. Pouco antes do intervalo, Diego Souza forçou Hugo a fazer defesa no reflexo. O rebote foi muito forte e Ferreira não conseguiu dominar, mesmo dentro da área.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

FLA SÓ DE LONGE

Pior que o Grêmio, só o Flamengo. Em ritmo ainda mais lento, o time reserva de Renato até fechou a primeira etapa com mais posse de bola e maior número de conclusões. Nenhuma tentativa levou real perigo ao gol de Gabriel Grando. A maioria das conclusões veio de fora da área. Como nos casos de Vitor Gabriel e Diego.

GRÊMIO DEGRINGOLA, MAS REAGE

Aos 13 do segundo tempo, Vitinho marcou. No minuto seguinte, Jhonata Robert foi expulso e o Grêmio entrou em parafuso. Concedendo espaços, errando passes. Aos 28, Kenedy o mesmo camisa 11 ampliou o marcador. O desespero, no entanto, virou reação.

O ataque com Ferreira e Borja passou a insistir mais. Borja descontou e o camisa 11 gremista empatou. No fim, o Grêmio se jogou ao ataque. Mesmo com um a menos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além de promover a volta de De Arrascaeta, o Flamengo tirou proveito do nervosismo total do Grêmio. Foi assim, na base dos nervos, que saiu o segundo gol de Vitinho. Mas depois de abrir 2 a 0, o time rubro-negro diminuiu o ritmo.

Deu espaço e levou pressão.

GRÊMIO
Gabriel Grando; Rafinha (Vanderson), Geromel, Ruan e Cortez; Thiago Santos (Victor Bobsin), Lucas Silva (Alisson), Campaz (Douglas Costa), Jhonata Robert e Ferreira; Diego Souza (Borja). T.: Vagner Mancini

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

FLAMENGO
Hugo; Rodinei, Gustavo Henrique (Bruno Viana), Léo Pereira e Renê (Ramon); Thiago Maia, João Gomes, Kenedy, Diego (De Arrascaeta) e Vitinho (Piris da Motta); Vitor Gabriel (Pedro). T.: Renato Gaúcho

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Juiz: Braulio da Silva Machado (SC)
VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira
Cartões amarelos: Jhonata Robert, Lucas Silva, Campaz (Grêmio); Renê (Flamengo)
Cartão vermelho: Jhonata Robert, Brenno (Grêmio)
Gols: Vitinho, aos 13 e aos 29min do segundo tempo (Flamengo); Borja, aos 30, e Ferreirinha, aos 37min do segundo tempo (Grêmio)








Você pode gostar