fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Globo homenageia Maradona com especial sobre a carreira do ex-jogador

Na atração, a TV Globo levará aos espectadores depoimentos de personalidades e revisitará momentos históricos e polêmicos do craque argentino

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

SÃO PAULO, SP

A Globo prestará uma homenagem ao ex-jogador Diego Armando Maradona, 60, que morreu nesta quarta-feira (25) após sofrer uma parada cardiorrespiratória. O projeto especial vai ao ar depois do Segue o Jogo.

Na atração, a TV Globo levará aos espectadores depoimentos de personalidades e revisitará momentos históricos e polêmicos do craque argentino. Dentre eles a sua participação na Copa de 1986, vencida pela Argentina, uma das mais fantásticas performances individuais de uma edição de Mundial.

A morte do ídolo mundial, aos 60 anos, foi confirmada por seu advogado, após o jornal Clarín divulgar a informação. Maior nome esportivo da Argentina, ele nasceu no dia 30 de outubro de 1960 e cresceu no humilde bairro de Villa Fiorito, no subúrbio de Buenos Aires.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Campeão mundial em 1986, quando teve seu auge na Copa do México, tornou-se uma das figuras mais populares e controversas das últimas décadas. Ganhou em 2000 uma eleição popular feita pela Fifa na internet para eleger o melhor jogador do século 20.

Com 53,6% dos votos, superou Pelé (18,53%) nessa enquete e levou um troféu da entidade, que conferiu também ao brasileiro um prêmio de melhor do século 20, só que em votação da “Família do Futebol”, um comitê montado pela Fifa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A carreira de Maradona começou para valer em 1976, quando foi contratado pelo Argentinos Juniors. Ele já jogava e chamava atenção por sua grande habilidade com a bola desde os nove anos, defendendo o time infantil dos Cebollitas.

No dia 20 de outubro de 1976, antes de completar 16 anos, estreou na primeira divisão argentina na derrota do Argentinos Juniors por 1 a 0 para o Talleres. Poucas semanas depois, no dia 14 de novembro, marcou no San Lorenzo seu primeiro gol como profissional.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O presidente argentino, Alberto Fernández, decretou três dias de luto no país logo após ser confirmada a morte do ex-jogador. O velório está previsto para começar na manhã desta quinta (26), na Casa Rosada, em Buenos Aires, aberto ao público.

As informações são da FolhaPress

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
>



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade