Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Torcida

Cerrado encerra 1ª temporada do NBB com derrota para o Bauru

Com a marca de 23 derrotas na temporada, o Cerrado termina sua primeira aparição no NBB com a 14° colocação da liga

Gui Deodato foi o cestinha do jogo (Foto: Arthur Ribeiro)

Bernardo Guerra / Agência UniCEUB

Cerrado Basquete perdeu, nesta terça (13), para o Bauru Basket dentro de casa, no Ginásio da ASCEB, em Brasília, pelo placar de 81 a 69. A partida foi válida pela 17° rodada do segundo turno. Com a marca de 23 derrotas na temporada, o Cerrado termina sua primeira aparição no NBB com a 14° colocação da liga, à frente apenas do Brasília Basquete e do Campo Mourão na tabela. Já o Bauru encerra sua temporada com 19 vitórias, assegurando a 5° posição da competição e classificado para a próxima fase.

O jogo

O primeiro quarto começou com aproveitamento baixo e com erros sendo cometidos dos dois lados. Mesmo à frente no placar, o Cerrado teve cinco jogadores zerados no quarto, e quatro pontuando, com o ala/armador Kevin Crescenzi fazendo 8 pontos em 7 minutos em quadra.

Já o Bauru dependeu do pivô Dikembe e do ala Diego para virar o placar no final do quarto, com 6 e 5 pontos cada, respectivamente. O Bauru acabou na frente por 18 a 17 no placar.

Os dois times voltaram à quadra no segundo quarto menos afobados, rodando mais a bola até o momento do arremesso. Com estratégias inversas, o Cerrado focou seu ataque na linha de três pontos, onde teve um aproveitamento positivo de 55% de conversão, muito graças ao ala/armador Paulo, que anotou 9 pontos no quarto, todos vindos de arremessos de profundidade.

O Bauru, por outro lado, deu preferência para as bolas de dois pontos, liderados pelo armador norte-americano, Larry Taylor, que marcou 7 pontos em aproveitamento perfeito. O segundo quarto acabou 18 a 18, com o Cerrado conseguindo jogar de igual a igual.

Com sete pontos em sequência nos dois primeiros minutos do terceiro quarto, o Cerrado retornou do vestiário forte, mas foi rapidamente alcançado pela equipe paulista. Liderados pelo armador, Alexey Borges, e o ala, Gui Deodato, o Dragão anulou a tentativa de disparar no placar do Cerrado, empatando e virando o jogo aos seis minutos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os candangos começaram a perder o gás, e acertaram apenas uma bola de três no quarto e com dificuldades no garrafão. Bauru abriu vantagem com facilidade, superando seu adversário em ambos os lados da quadra e com bom aproveitamento. O terceiro quarto encerrou com o placar de 23 a 15 para o Bauru.

Crescenzi foi um dos líderes do Cerrado na partida (Foto: Arthur Ribeiro)

No último quarto da partida, a história se repetiu. Cerrado começou forte, com 8 pontos nos minutos iniciais, porém, o Dragão paulista engrenou logo atrás, com 11 pontos anotados em 4 minutos, graças aos seus veteranos.

Embora houvesse uma vantagem de mais de 10 pontos no placar, o time brasiliense seguiu correndo atrás da virada, sem sucesso. O contraste entre os elencos foi ficando claro ao final do quarto, com os reservas do Bauru jogando de igual para igual com os titulares do Cerrado. O último quarto terminou 22 a 19 para o Bauru.

 Destaques da partida

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O grande destaque da partida foi o ala Gui Deodato, do Bauru, com 18 pontos na partida. O armador Alexey Borges também foi destaque do Dragão, com 13 pontos e 4 assistências. Para o Cerrado, os destaques ficaram por conta dos dois ala/armadores do time, Kevin Crescenzi e Paulo, com 15 e 14 pontos, respectivamente.






Você pode gostar