fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

SP deve prorrogar quarentena até o final de abril; medida pode ser estendida por outros 15 dias

Decreto do Estado de São Paulo determinou o fechamento do comércio e de serviços não essenciais, o que inclui bares, restaurantes e cafés

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O governador João Doria (PSDB) deve prorrogar a quarentena em São Paulo para conter o avanço do novo coronavírus por mais 15 dias. E a medida pode ser estendida por 15 dias além dessa nova prorrogação. A quarentena começou em São Paulo no dia 24 de março e teria validade até esta terça-feira, 7, mas será prorrogada até o final de abril. O anúncio deve ser feito em entrevista coletiva prevista para começar 12h30, no Palácio dos Bandeirantes.

O decreto do Estado de São Paulo determinou o fechamento do comércio e de serviços não essenciais, o que inclui bares, restaurantes e cafés, que só podem funcionar com serviços de delivery. Já os considerados essenciais, como farmácias e supermercados, podem abrir as portas.

Diferentemente do presidente Jair Bolsonaro, que fala em receio de crise econômica e pede a volta dos cidadãos ao trabalho, Doria tem defendido o isolamento social para frear o avanço da covid-19.

Estadão Conteúdo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade