fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Psol pede cassação de Flávio Bolsonaro

Partido alega que senador tem ligações com milícias e, por isso, não tem condições de exercer mandato

Willian Matos

Publicado

em

PUBLICIDADE

Na manhã desta quarta-feira (19), o Psol protocolou um pedido de cassação do mandato do senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ) junto ao Conselho de Ética do Senado Federal. O partido alega que Flávio tem ligações com milícias e, por isso, não tem condições de exercer mandato.

“É um crime continuado. Ele também é acusado de peculato, lavagem de dinheiro, corrupção e associação criminosa. Não é possível conviver com um senador que tenha tido essas práticas no seu currículo como deputado estadual”, disse Juliano ao Congresso em Foco, do portal UOL. “Ele não tem decoro nem é ético”, acrescentou.

O Psol entregou o pedido de cassação durante uma reunião com o presidente do Conselho de Ética do Senado, senador Jayme Campos (DEM-MT). Deputados do partido e o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) participaram do encontro.

O senador Flávio Bolsonaro não havia se pronunciado sobre o pedido de cassação até a última atualização desta matéria.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade