fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Esquerda reprova possível chapa Huck/Moro para 2022

“É a junção da Lata Velha com a Lava Jato e o Paulo Guedes. O Brasil é bem maior”, declarou a presidente do PT, Gleisi Hoffmann

Willian Matos

Publicado

em

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
PUBLICIDADE

Após a informação de que o ex-ministro da Justiça Sergio Moro e o apresentador global Luciano Huck estariam preparando uma aliança para concorrer à presidência em 2022, representantes da esquerda foram às redes sociais se manifestar a respeito.

O ex-presidente Lula criticou a possível união e disparou: “A única coisa que eles não admitem voltar é o PT e o Brasil da inclusão social”. “Basta ver meu habeas corpus que está há dois anos esperando julgamento. Porque politicamente pra eles não é conveniente”, comentou.

À coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, usou um dos quadros do programa Caldeirão do Huck para classificar o caso. “É a junção da Lata Velha com a Lava Jato e o Paulo Guedes. O Brasil é bem maior”, disse. ‘Lata Velha’ é um quadro do programa de TV de Luciano onde o participante tem de fazer provas mirabolantes para conseguir ter o carro reformado.

A informação de que Moro e Huck estão trabalhando em uma aliança é da Folha. Segundo o jornal, o apresentador foi até a casa do ex-ministro da Justiça no último dia 30 de outubro e tiveram uma reunião de quase três horas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Moro e Huck estariam planejando uma “terceira via”, uma terceira opção para a presidência em 2022 em meio à polarização que o Brasil vive há anos. Não se sabe ainda quem concorreria à presidência e quem seria vice.

A conversa, lembra o jornal, foi inicial e deve ser aprofundada ao longo de 2021.  Contudo, ambos já teriam concordado que há espaço para a construção de uma candidatura em 2022 tendo como carro-chefe um discurso baseado na “racionalidade”. Resumidamente, Moro e Huck teriam como essência o “nem esquerda, nem direita”.

Agora, a dupla deve buscar apoio a fim de fortalecer a ideia e o projeto. Novas conversas deverão ocorrer em breve. Salienta-se que, para concorrer às eleições de 2022, Moro e Huck têm de se filiar em partidos até abril daquele ano.

Procurados pela Folha, o ex-juiz e o apresentador optaram pelo silêncio.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade