fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Bolsonaro e Mourão aparecem em vídeos com candidatos a prefeito e vice de chapa rachada em BH

O presidente, que é mencionado no jingle de Bruno Engler, diz que os dois têm uma relação grande de amizade e que se fosse eleitor mineiro, votaria nele

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

FERNANDA CANOFRE
BELO HORIZONTE, MG

Em meio a um impasse interno na chapa à prefeitura de Belo Horizonte, os candidatos a prefeito e vice do PRTB divulgaram nas redes vídeos individuais ao lado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e do vice, general Hamilton Mourão (PRTB).

O presidente, que é mencionado no jingle de Bruno Engler, diz que os dois têm uma relação grande de amizade e que se fosse eleitor mineiro, votaria nele.

“Eu não posso fazer uma campanha muito aberta para você, mas eu ficaria eternamente feliz, se você se elegesse prefeito em BH”, afirma o presidente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Engler vive um imbróglio na própria chapa. O presidente municipal do PRTB, Mauro Quintão, foi registrado pelo partido como candidato a vice, enquanto Engler registrou o nome da policial militar reformada, Coronel Cláudia Araújo Romualdo.

Uma decisão inicial, que reconheceu Quintão como vice e indeferiu o registro de Cláudia, foi anulada nesta quinta-feira (8) pela Justiça eleitoral e o caso segue em discussão.

Quintão divulgou um vídeo ao lado de Mourão, gravado no início de setembro, segundo a vice-presidência da República.

“O Mauro, o que eu posso dizer dele? Como todos que pertencem ao PRTB, é alguém comprometido com os princípios da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da publicidade e da eficiência”, diz Mourão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

À reportagem a vice-presidência disse que “o apoio afiançado pelo vice-presidente se deu de forma ampla ao partido em que é filiado, restando exclusivamente à legenda a decisão a respeito de quem seria candidato, gravaria imagens ou seria apoiado”.

O presidente nacional do PRTB, Levy Fidelix, em mensagem enviada à reportagem, disse que o assunto é local e que não irá nacionalizá-lo. “O presidente do meu partido, Mauro Quintão, é o vice dele e é palavra final”.

As informações são da FolhaPress




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade