Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

STF: Fachin pede para retornar à 1ª Turma quando Marco Aurélio deixar a Corte

Se a troca for efetivada, os casos da Lava Jato deixarão de ser julgados pela Segunda Turma e migrarão para a Primeira Turma, junto de Fachin

Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF/Divulgação

O relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, pediu para retornar à Primeira Turma do STF assim que o decano da Corte, Marco Aurélio Mello, deixar o Tribunal em julho. Fachin atualmente integra a Segunda Turma do STF, onde tem sofrido uma série de reveses em julgamentos da Lava Jato. A correlação de forças na Corte foi alterada após a aposentadoria de Celso de Mello e a chegada de Kassio Nunes Marques ao tribunal.

O pedido de Fachin foi revelado pelo G1 e confirmado pelo Estadão. Se a troca for efetivada, os casos da Lava Jato deixarão de ser julgados pela Segunda Turma e migrarão para a Primeira Turma, junto de Fachin.

O ministro integrava originalmente a Primeira Turma do STF e trocou para a Segunda após a morte em acidente aéreo do ministro Teori Zavascki, em janeiro de 2017. Depois que mudou para a Segunda Turma, Fachin foi sorteado e definido como novo relator da Lava Jato.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo






Você pode gostar