Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Após indícios de superfaturamento, Randolfe pede ao TCU apuração da compra de caminhões de lixo

Senador Randolfe Rodrigues pediu apuração da compra de caminhões de lixo pelo governo Bolsonaro, em caso que ganhou destaque nas redes

Foto: Divulgação / Agência Brasil

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) ingressou com representação no Tribunal de Contas da União (TCU), para a tomada de medidas urgentes na apuração da compra de caminhões de lixo por parte do poder público federal. A representação foi apresentada nesta segunda-feira (23) e se deu após os indícios de superfaturamento de R$ 109 milhões apontados numa reportagem investigativa do Estadão.

Além disso, a reportagem apontou que a aquisição de veículos não segue critérios de políticas sanitárias e que as compras dispararam em 2020 após o Centrão dominar a gestão de Jair Bolsonaro (PL).

Para o senador, esse é mais um exemplo da corrupção instalada na atual gestão do Governo Federal, que está retomando a política do coronelismo no interior do país ao privilegiar políticos locais para garantir a sua sobrevivência no mandato.

“É falta de transparência e dano ao orçamento público. Bolsonaro coloca a culpa da crise econômica em terceiros, mas essa é uma demonstração de que a prioridade dele é o favorecimento político e não a vida do povo brasileiro que sofre com a miséria num cenário de profunda desigualdade social”, frisou.








Você pode gostar