Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Presidente da CPI não vê problema em Copa América no Brasil

Omar Aziz leva em consideração o fato de haver outros campeonatos em disputa no país, mas ressalta importância de “garantias sanitárias”

Foto: Agência Senado

O presidente da CPI da Covid no Senado, Omar Aziz (PSD-AM), falou sobre o Brasil ter sido escolhido a sede da Copa América 2021 nesta segunda-feira (31). A notícia tomou as redes sociais e dividiu pessoas a favor e contra o torneio, sobretudo devido à situação da pandemia no país. Para Aziz, não há problema.

“Se não tiver público e tiver todas as garantias sanitárias… com certeza absoluta não vejo grandes problemas, porque nós temos já campeonatos andando”, disse o senador à agência de notícias Reuters.

Aziz sugeriu ainda que se formem “barreiras sanitárias”, para “a gente saber que não vai trazer uma cepa para cá, uma cepa nova para cá”. O senador também ressaltou a importância da testagem das delegações.

Mais cedo, o governador Ibaneis Rocha disse ao Jornal de Brasília que também não vê nada contra o Brasil e o Distrito Federal receberem jogos do torneio. “Não tenho nada contra a Copa América, desde que mantidas as medidas sanitárias”, declarou.

A Copa América, que estava programada para ser disputada na Colômbia e na Argentina, ocorrerá no Brasil entre 13 de junho e 10 de julho. Os colombianos desistiram de sediar a competição devido a problemas sanitários e políticos; o governo argentino também recusou por conta dos casos de covid-19 no país.

Os estados que sediarão os jogos ainda não foram escolhidos. Especula-se Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Natal e o Distrito Federal. A final, inclusive, poderia ser no Mané Garrincha. A Conmebol deve anunciar as sedes em breve.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar