Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Lira: “Se tivermos 7 de Setembro, vai ser festa linda, cívica, tranquila”

Os atos bolsonaristas do Dia da Independência de 2021 foram um dos pontos mais altos de enfrentamento entre Bolsonaro e as instituições

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), minimizou intercorrências políticas no dia 7 de setembro, data em que serão comemorados os 200 anos da independência do Brasil. O presidente Jair Bolsonaro (PL) espera reunir apoiadores em atos de rua neste dia.

Bolsonaro afirmou no último sábado, 30, que as Forças Armadas vão participar “ao lado” de seus apoiadores dos atos governistas de 7 de setembro em Brasília e, pela primeira vez, no Rio de Janeiro. Ao lançar oficialmente sua candidatura à reeleição ao Palácio do Planalto, Bolsonaro pediu aos apoiadores para irem às ruas neste dia “pela última vez”.

Os atos bolsonaristas do Dia da Independência de 2021 foram um dos pontos mais altos de enfrentamento entre Bolsonaro e as instituições brasileiras. Na Avenida Paulista, o presidente declarou à época que não mais cumpriria decisões do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Estadão Conteúdo








Você pode gostar