Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Ex-médico da Prevent será questionado na CPI sobre suspeita de que trabalhou quando estava com Covid

Questionada, a defesa do profissional não esclarece se ele foi ou não trabalhar sabendo que estava infectado pelo novo coronavírus

Por FolhaPress 07/10/2021 12h40
Foto: Pedro França/Agência Senado

Mônica Bergamo

O médico Walter Correa de Souza Neto será questionado na CPI da Covid sobre a informação de que compareceu ao trabalho, na Prevent Senior, mesmo com o diagnóstico positivo para a doença.

Questionada, a defesa do profissional não esclarece se ele foi ou não trabalhar sabendo que estava infectado pelo novo coronavírus. “O Dr. Walter prestará todos os esclarecimentos necessários dentro do contexto da pergunta”, disse a advogada Bruna Morato, que representa os médicos, em mensagem enviada por WhatsApp.

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) confirmou à coluna que recebeu a informação, não confirmada, de que Walter foi trabalhar infectado. E afirmou que fará a pergunta ao médico, para que ele esclareça se isso de fato ocorreu.

O médico pediu, e obteve, um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF) que garante a ele o direito de ficar em silêncio para não se autoincriminar no depoimento à CPI.








Você pode gostar