Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Em flerte com PSD, Lula recebe governador de Sergipe em SP

Kassab já disse em mais de uma ocasião que não apoiará Lula no primeiro turno e que seu partido terá um candidato a presidente em 2022

Por FolhaPress 27/01/2022 2h10
Foto: Reprodução

Fábio Zanini

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) recebeu nesta quarta-feira (26), em São Paulo, Belivaldo Chagas, governador de Sergipe e liderança do PSD. O presidenciável petista tem feito movimentos de aproximação da sigla presidida por Gilberto Kassab, a qual enxerga como destino ideal para Geraldo Alckmin, principal nome para ocupar a vice em sua chapa atualmente.

Kassab já disse em mais de uma ocasião que não apoiará Lula no primeiro turno e que seu partido terá um candidato a presidente em 2022, e o nome mais provável é o de Rodrigo Pacheco (MG), presidente do Senado.

No entanto, o petista e seus aliados veem no PSD, um dos partidos de maior bancada no Congresso, um aliado eleitoral importante e também um possível pilar de sustentação da governabilidade em um eventual novo mandato.
Belivaldo não concorrerá à reeleição em Sergipe, mas deve lançar o deputado Fábio Mitidieri (PSD-SE) como seu sucessor.

O senador Rogério Carvalho (PT-SE) reagiu nas redes sociais e disse que foi avisado do encontro com antecedência por Gleisi Hoffmann, presidente do PT. “Eu não me lancei pré-candidato sem o aval de Lula. Com certeza, Lula não abriu espaços para caminhos alternativos para o PT em relação à nossa candidatura a governo de Sergipe”, escreveu o senador.

No entanto, a relação de Carvalho com membros do partido sofreu abalo recentemente, quando ele votou a favor das emendas de relator, contrariando orientação da sigla. Em reação, lideranças petistas passaram a pedir que ele fosse desconsiderado da disputa pelo governo de Sergipe.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar