Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

CPI vai pedir afastamento da “Capitã Cloroquina”

Requerimento foi aprovado nesta terça (3), no retorno da comissão aos trabalhos

Por Willian Matos 03/08/2021 11h31
Mayra Pinheiro, a "Capitã Cloroquina" Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

A CPI da Pandemia aprovou, nesta quinta-feira (3), o requerimento para pedir o afastamento da secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro. Conhecida como “Capitã Cloroquina”, Mayra defende que a covid-19 seja combatida também com medicamentos ineficazes contra a doença.

Antes da abertura da sessão, o presidente Omar Aziz (PSD-AM) declarou que a CPI vai fazer o pedido ao Ministério e também à Justiça. “Ela não tem mais condições de ficar ali depois do que vocês viram, do que o Brasil assistiu. Sinceramente, não dá para o ministro Queiroga manter na sua equipe uma pessoa que pensa totalmente diferente da ciência”, declarou Aziz.

“Eu não sei ali quem é que tem que tomar decisão. Por isso é que nós estamos pedindo a ele [Queiroga] o afastamento dela e iremos também para a Justiça para pedir que a Justiça a afaste por ter cometido o crime contra a vida”, avaliou o presidente. Para Aziz, prescrever medicação que “não salvava absolutamente ninguém, mas que matou muitos amazonenses” foi o erro de Mayra Pinheiro na sua atuação no Ministério.






Você pode gostar