Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Mundo

Reino Unido: Sunak renuncia ao Ministério das Finanças e Javid deixa Saúde

No documento, Sunak lamentou deixar o ministério enquanto o mundo sofre com consequências econômicas da pandemia e guerra na Ucrânia

Foto: AFP

O governo de Boris Johnson lida com baixas nesta terça-feira, 5. Em carta direcionada ao premiê e publicada em redes sociais, Rishi Sunak e Sajid Javid anunciaram sua renúncia dos cargos de Ministro das Finanças do Reino Unido e Secretário do Estado para Saúde e Assistência Social, respectivamente.

No documento, Sunak lamentou deixar o ministério enquanto o mundo sofre com consequências econômicas da pandemia, guerra na Ucrânia e outros desafios. “No entanto, a população corretamente espera que o governo seja conduzido de maneira apropriada, competente e séria. Eu reconheço que esse talvez seja meu último cargo ministerial, mas acredito que vale lutar por esses padrões e é por isso que renuncio”, escreveu na carta destinada a Johnson.

O agora ex-ministro disse acreditar que o público deve ouvir a verdade e que não há caminho fácil para o futuro. Segundo Sunak, na preparação para o discurso sobre economia em conjunto com o premiê na próxima semana ficou evidente que suas abordagens são “fundamentalmente muito diferentes”.

Por sua vez, Javid afirmou que Johnson perdeu sua confiança e que não mais poderia servir a esse governo “com boa consciência” O ex-secretário da Saúde disse que o Partido Conservador, nas atuais circunstâncias, não é nem popular, nem competente em atender aos interesses nacionais, na conclusão da população. Ressaltou ainda que o partido “é maior que qualquer único indivíduo”.

Estadão conteúdo








Você pode gostar