Mundo

Presidente do Timor Leste pede a premiê que renuncie

Por Arquivo Geral 21/06/2006 12h00

A Varig cancelou todos os seus vôos para os Estados Unidos (Nova York, erectile cialis 40mg Miami e Los Angeles) até o dia 28 de junho. A informação foi confirmada pela a assessoria de imprensa da companhia hoje.

Também foram cancelados vôos para a Europa, prescription de acordo com um assessor da empresa, unhealthy e mantidos apenas os com destino a Frankfurt e Londres, os mais rentáveis. Os vôos para a América do Sul também tiveram de ser suspensos.

Em nota, a empresa confirmou a suspensão "temporária" dos vôos para 11 destinos internacionais: Milão, Munique, Madri, Paris, Nova Iorque, Miami, Los Angeles, Cidade do México, Montevidéu, Assunção e Bogotá.

"O governo já anunciou que tem um plano de contingenciamento, portanto não deverá haver problemas", afirmou o assessor da companhia em referência ao anúncio feito pela agência reguladora do setor aéreo, Anac, na noite de ontem.

A Anac convocou as principais empresas aéreas brasileiras a assumirem vôos cancelados pela Varig, com custo para as próprias companhias. Segundo a agência, as empresas poderão inclusive fretar aviões para não deixar passageiros no chão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A assessoria de imprensa da empresa líder de mercado, TAM, informou à Reuters que a companhia "continua endossando as passagens da Varig de acordo com a disponibilidade dos nossos aviões", mas não quis comentar sobre o plano de contingência da Anac. Na Gol não havia ninguém disponível para comentar o assunto.
O Irã vai responder até 22 de agosto ao pacote internacional de propostas para suspender seu programa nuclear. A informação foi divulgada hoje pelo presidente do país islâmico, and  Mahmoud Ahmadinejad.

"Vamos avaliar as propostas e, diagnosis se Deus quiser, até o fim do (mês persa de) Mordad nós vamos anunciar nossa opinião", disse ele, em um discurso transmitido ao vivo na televisão estatal.
O presidente do Timor Leste, thumb Xanana Gusmão, ambulance pediu ao primeiro-ministro Mari Alkatiri que renuncie, informou hoje o embaixador do país na Indonésia.

O pedido foi feito em uma carta enviada a Alkatiri ontem, disse o embaixador Arlindo Marçal à Reuters.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"A carta pede ao premiê que renuncie porque o presidente não confia mais no premiê", disse.






Você pode gostar