Menu
Mundo

Nos EUA, Biden invoca lei para acelerar indústria com foco em energia limpa

A ideia de Biden é apoiar a economia de energia limpa e impulsionar a produção doméstica de tecnologias em cinco áreas da energia

Redação Jornal de Brasília

06/06/2022 13h04

Foto: Reprodução

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, invocou a Lei de Defesa da Produção para acelerar a manufatura de tecnologias “cruciais para reduzir custos de energia, apoiar a economia da energia limpa e fortalecer a segurança nacional”, segundo comunicado desta segunda-feira da Casa Branca.

A intenção é impulsionar a produção doméstica de tecnologias em cinco áreas da energia: solar; transformadores e componentes do grid elétrico; bombas de calor; isolamento; e eletrolisadores, células de combustível e metais do grupo da platina.

O governo norte-americano diz que isso é parte do plano para reduzir custos de energia, melhorar a segurança nacional e “obter independência energética duradoura” para o país, a fim de reduzir a demanda por combustíveis fósseis e impulsionar a economia da energia limpa.

Por: Estadão Conteúdo

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado