Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Mundo

EUA: CDC sugere possível associação entre vacina anticovid e miocardite em jovens

Segundo um documento publicado nesta quarta-feira, 23, pelo órgão, o possível efeito colateral é mais comum em homens com menos de 30 anos

Foto: Dado Ruvic/Reuters

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos sugeriu uma “possível associação” entre vacinas contra covid-19 e o desenvolvimento de miocardite em jovens.

Segundo um documento publicado nesta quarta-feira, 23, pelo órgão, o possível efeito colateral é mais comum em homens com menos de 30 anos e alguns dias após a aplicação da segunda dose dos imunizantes da Pfizer e da Moderna.

O CDC relata que identificou, até 11 de junho, 267 casos de miocardite em indivíduos que receberam a primeira dose da vacina e 827 em pessoas que já tomaram a segunda dose.

A miocardite é uma inflamação do miocárdio, um músculo cardíaco.

De acordo com as informações do CDC, 79% dos indivíduos que desenvolveram este quadro clínico se recuperaram totalmente. Nove pessoas foram hospitalizadas e duas precisaram de terapia intensiva, relata o órgão.

O documento foi divulgado antes de uma reunião do Comitê Consultivo sobre Práticas de Imunização do CDC que será realizada entre hoje e sexta-feira, 25.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar