Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Mundo

Boris Johnson assume ‘total responsabilidade’ e reitera desculpas por ‘partygate’

Líder do governo britânico assume ter participado de festas ilegais durante confinamentos da pandemia

Foto: divulgação

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, assumiu nesta quarta-feira (25) “total responsabilidade” pelas festas em Downing Street durante os confinamentos, insistindo, porém, que sua participação “não infringiu as regras”, exceto por uma festa de aniversário, pela qual reiterou suas desculpas.

“Assumo total responsabilidade por tudo o que aconteceu na minha presença”, afirmou ao Parlamento, após a publicação de um relatório interno segundo o qual os líderes políticos britânicos e altos funcionários envolvidos neste escândalo, conhecido como “partygate”, devem “assumir a responsabilidade”.

Infrações do ‘partygate’

Os líderes políticos britânicos e altos funcionários envolvidos no escândalo “partygate” devem “assumir a responsabilidade” pela cultura que levou a inúmeras festas ilegais em Downing Street durante os confinamentos da pandemia, diz um relatório interno publicado nesta quarta-feira e há muito aguardado.

“Muitos desses eventos não deveriam ter ocorrido”, conclui o relatório de Sue Gray. “Os altos cargos envolvidos, tanto políticos quanto funcionários, devem assumir a responsabilidade por essa cultura”, enfatizou.

AFP








Você pode gostar