Economia

TAM substituirá Fokker 100 por aeronaves Airbus A319

Por Arquivo Geral 28/06/2006 12h00

< !--StartFragment -- >A TAM, sale there maior companhia aérea do país, page anunciou hoje a substituição dos aviões Fokker 100 de sua frota por aeronaves da fabricante européia Airbus, pharmacy num revés para a brasileira Embraer, que disputava o contrato.

Segundo nota à imprensa, a TAM assinou um memorando de entendimento com a Airbus para a aquisição de mais 37 aeronaves: 15 unidades do A319, 16 jatos A320 e outros seis A330.

"Os aviões que vão substituir os Fokker 100 são os A319", informou um assessor da TAM, acrescentando que os jatos serão configurados para transportar 144 passageiros.

De acordo com ele, as análises da TAM apontaram como mais vantajoso ter aviões maiores que os de 100 lugares, devido ao aumento da demanda observada no mercado doméstico. Além disso, a frota de aeronaves de uma mesma fabricante implica em menores custos de manutenção.

Muitos analistas davam como certa a vitória da Embraer nessa concorrência. A fabricante brasileira estava na disputa com seus modelos Embraer 190 e Embraer 195, para levar entre 100 e 118 pessoas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Procurada, a assessoria de imprensa da Embraer informou que a empresa não comentaria o assunto.

Durante o processo de concorrência, até o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) entrou em cena. O banco de fomento avaliava uma linha de crédito para venda de aviões fabricados no Brasil a companhias aéreas nacionais em condições competitivas.

Em setembro do ano passado, o presidente da TAM, Marco Antonio Bologna, chegou a afirmar que a linha do BNDES não garantia a escolha da Embraer

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Aumento da frota

A nova encomenda da TAM soma-se a outro pedido por 29 Airbus A320 de um contrato firme anterior assinado no ano passado para entregas até 2010, e que contempla ainda mais 20 opções de aeronaves dos mesmos modelos. O valor do negócio não foi revelado.

"A decisão está alinhada com nossa proposta de ser companhia de baixos custos operacionais, com serviço diferenciado e preços competitivos. O aumento da densidade de tráfego justifica operarmos com aviões maiores, o que também resultará em menor custo", disse em nota nesta quarta-feira o presidente da TAM.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com o novo acordo, a TAM espera encerrar 2006 com frota de, no mínimo, 96 aviões. O cronograma de entregas prevê que em 2010 a frota chegue a 127 aeronaves, todas Airbus. Atualmente, a TAM opera 22 jatos Fokker 100.






Você pode gostar