Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Economia

Falso anúncio do Walmart aumenta temporariamente a criptomoeda Litecoin

Replica por diversos meios, o comunicado provocou uma reação imediata, fazendo com que o valor passasse de 175 para 230 dólares

Foto: AFP

O anúncio de um acordo entre a rede americana de supermercados Walmart e a Litecoin fez a criptomoeda subir em mais de 30%. No entanto, a notícia era falsa.

Divulgado em uma página frequentemente utilizada por jornalistas financeiros, o GlobeNewswire, o texto incluía uma citação do presidente do grupo de varejo dos Estados Unidos. No entanto, não foi publicado na página de comunicação habitualmente utilizada pelo Walmart.

Replicado por diversos meios, o comunicado provocou uma reação imediata no mercado de câmbio virtual, fazendo com que o valor do Litecoin passasse de 175 para 230 dólares em poucos minutos. Mas o anúncio era falso.

Um porta-voz do Walmart disse à AFP que a declaração não partiu de seu departamento de comunicação. “Estamos tentando entender” o que aconteceu, acrescentou.

No GlobeNewswire, a publicação foi substituída por uma mensagem convidando “jornalistas e outros leitores” a “desconsiderá-la”.

A conta do Litecoin no Twitter, que, segundo diversos meios de comunicação, divulgou o anúncio antes de deletá-lo, repostou um tuíte da fundação Litecoin, destinada a promover a criptomoeda, que garante que “não assinou nenhum acordo com o Walmart”.

O valor do Litecoin caiu rapidamente de novo e por volta das 13h15 (horário de Brasília) valia o mesmo que no último fechamento, 179 dólares.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A GlobeNewswire não respondeu imediatamente à AFP.

A empresa, como seus concorrentes Business Wire ou PR Newswire, oferece às empresas e organizações a divulgação de seus comunicados à imprensa. Jornalistas geralmente consideram os documentos publicados nessas páginas como oficiais.

© Agence France-Presse

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar