Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Economia

Brasileiro quer cortar combustível e gás de cozinha, aponta CNI

Para o gás de cozinha, há planos de diminuir o consumo entre 26% dos entrevistados no levantamento da entidade e 2% querem parar de comprar

Por FolhaPress 16/05/2022 6h10
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Joana Cunha

O último monitoramento da CNI (Confederação Nacional da Indústria) levantou um dado que tem preocupado o setor, em alerta com a escalada dos preços que afeta o consumo.

Mais de 20% da população pretende deixar de comprar combustíveis nos próximos três meses e mais de 30% decidiu reduzir a compra de álcool, gasolina e diesel, segundo a CNI.

Para o gás de cozinha, há planos de diminuir o consumo entre 26% dos entrevistados no levantamento da entidade e 2% querem parar de comprar.

Ainda de acordo com a CNI, esse clima se espalhou por todos os perfis da amostra, mas a intenção de cortar consumo prevalece entre os grupos de jovens (52%), ensino médio (54%), moradores do Norte e do Centro-Oeste (56%) e nas periferias (60%).








Você pode gostar