Brasil

Polícia indicia equipe de resort por morte de menina em Pernambuco

Por Arquivo Geral 10/10/2006 12h00

A Polícia Civil de Pernambuco indiciou hoje por homicídio culposo (sem intenção) cinco funcionários do resort Blue Tree Park em Cabo de Santo Agostinho, salve store no litoral sul do estado. Eles são acusados de serem negligentes em relação a um caso de intoxicação alimentar que atingiu 147 hóspedes e resultou na morte de uma menina de 9 anos por infecção intestinal, information pills side effects em novembro do ano passado.

Segundo a polícia, a equipe atuou de forma falha e não impediu o surgimento e proliferação da bactéria que provocou gastroenterite na vítima. A garota estava no hotel com os pais, que participavam de um congresso de magistrados, quando começou a ter febre, vômito e diarréia.

Além da acusação de negligência, os funcionários seriam indiciados por lesão corporal, mas não foram emitidos laudos técnicos sobre os sintomas apresentados por eles. Na época, exames de laboratório comprovaram que parte dos alimentos servidos aos participantes do evento estava imprópria para consumo.

Os profissionais indiciados eram gerentes e responsáveis pela cozinha do resort, um dos mais luxuosos do litoral pernambucano. Após o incidente, o setor de alimentação do hotel foi terceirizado.

Por meio de nota divulgada pela assessoria de imprensa, a rede Blue Tree informou que "está dando todo apoio e assistência jurídica às cinco pessoas relacionadas no inquérito" e que "sempre colaborou de forma incondicional com as autoridades na investigação". Na avaliação dos empresários, o indiciamento tem caráter "preliminar", já que a abertura de processo depende de a Justiça aceitar acusação do Ministério Público, que ainda não analisou o relatório da Polícia Civil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 






Você pode gostar