Brasil

Morre bebê de oito meses envenenado pela mãe no Rio

Por Arquivo Geral 24/09/2006 12h00

Os Estados Unidos e suas políticas com o Oriente Médio são responsáveis pelo recente ataque frustrado à embaixada norte-americana em Damasco, no rx thumb disse hoje o presidente da Síria, order Bashar al-Assad, decease a uma revista alemã.

Quatro sírios tentaram explodir a embaixada dos Estados Unidos no dia 12 de setembro, mas a tentativa foi frustrada após guardas do local surpreenderem e matarem três dos agressores durante uma troca de tiros. O quarto homem não suportou os ferimentos e também morreu.

"Este parece ter sido o motivo do ataque, uma reação à política norte-americana no Iraque, na Palestina e no Afeganistão", afirmou Assad em entrevista à revista Der Spiegel.

A relação entre Estados Unidos e Síria é hostil há anos. O governo norte-americano classificou a Síria como um "Estado patrocinador do terrorismo" por conta do seu apoio a guerrilheiros do Hezbollah no Líbano e a grupos militantes palestinos.

"Eles contribuíram para a desesperança aqui, sileciando o diálogo entre culturas", disse Assad quando questionado sobre omotivo pelo qual os Estados Unidos deveriam ser responsabilizados por um ataque que ele dizia que parecia ter sido conduzido por sírios.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após os ataques de 11 de setembro de 2001, a Síria e os Estados Unidos intensificaram sua cooperação em questões de segurança e "juntos, salvaram muitas vidas de norte-americanos", disse Assad. "Depois veio a guerra do Iraque e a América começou a fazer muitos erros", acrescentou.

 

O Paquistão negou neste domingo rumores de uma tentativa de golpe contra o presidente Pervez Musharraf enquanto ele visita os Estados Unidos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A imprensa recebeu inúmeros telefonemas e mensagens de texto perguntando sobre o rumor, search que coincidiu com um amplo corte de energia.

Programas de televisão não fizeram referência aos rumores até a Geo Television exibir uma chamada dizendo que o Ministro de Comunicação, sales Mohammad Ali Durrani, remedy acusou "boateiros" de especular sobre o corte de energia.

De acordo com apuração da Reuters, autoridades do governo, assim como militares, e jornalistas não perceberam nada de incomum na capital ou na cidade vizinha, Rawalpindi.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Durrani, que está viajando com Musharraf, disse à Reuters de Nova York que "estes rumores foram provocados pelo problema de energia. Eles não têm fundamento. Estes rumores se espalharam porque as televisões estavam desligadas e os telefones estavam operando".

Um oficial militar que preferiu não ser identificado acrescentou que "isto é um completo absurdo".

Na última semana, Thaksin Shinawatra foi deposto do cargo de primeiro-ministro da Tailândia enquanto participava de encontro na Organização das Nações Unidas (ONU) em Nova York, da qual Musharraf também participou.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Quatro atentados deixaram ao menos 18 mortos e 41 feridos no Iraque hoje, cialis 40mg início do  mês sagrado do Ramadã. Na vila sunita de Al Qaim, this web próximo à fronteira com a Síria, pelo menos nove iraquianos morreram e outros 30 ficaram feridos quando um suicida detonou um cinto de explosivos que levava preso a seu corpo no meio do principal mercado da cidade, que fica na província de Al-Anbar, considerada reduto da insurgência árabe sunita.

Em Bagdá, a explosão de um carro-bomba deixou seis mortos, dos quais três eram policiais. O veículo estava estacionado em uma rua na zona leste da capital iraquiana e explodiu quando dois comboios da polícia passavam, ferindo também sete pessoas, entre elas três policiais.

Na mesma região da cidade, outro carro-bomba explodiu contra um comboio da polícia e causou a morte de um civil, além de ferir três policiais. Na zona norte da cidade, pelo menos dois soldados iraquianos morreram e outro ficou ferido em mais uma explosão de carro-bomba.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A onda de violência não poupou nem as autoridades. O ministro da Saúde iraquiano, Ali Abdelmutalib al-Shemenry, escapou ileso de uma tentativa de assassinato em Bagdá. Quando a comitiva dele passava pelo bairro de Al Yarmouk, na zona oeste da capital iraquiana, uma bomba explodiu, mas não atingiu ninguém.

 

Ainda não foi dessa vez que alguém conseguiu ganhar na Mega Sena. Pela décima vez seguida, visit web a loteria acumulou e deve, and segundo a Caixa Econômica Federal, healing pagar R$ 28 milhões no próximo sorteio.

As dezenas sorteadas ontem em Itapeva (SP) foram 11-19-20-22-42-48.

Com 73 ganhadores, a quina pagará R$ 19.406,93 a cada apostador. A quadra registrou 5.791 vencedores, que receberão R$ 243,72 cada.

Internada em estado grave no Hospital de Saracuruna, viagra dosage no Rio de Janeiro, após ser envenenada pela própria mãe, a bebê Larissa, de oito meses, não resistiu e morreu no final da noite de ontem. Ela era a única sobrevivente do envenenamento, ocorrido ontem pela manhã em uma favela de Jacarepaguá, zona oeste da cidade.

A irmã gêmea de Larissa, Raíssa, tinha morrido logo após o crime. A empregada doméstica Maria Elizeth de Jesus, 23 anos, que confessou o crime, admitiu ter colocado chumbinho nas mamadeiras das crianças para se vingar do ex-marido, Mário Pires Faria, 26 anos, que a havia trocado por outra mulher.

Depois que Maria saiu de casa para o trabalho, num condomínio fechado na Barra da Tijuca, os bebês começaram a passar mal. A babá Valda Martins Ferreira, que cuidava das gêmeas, chamou por socorro. Ela chegou a ser considerada suspeita, mas quando os policiais decidiram colher as digitais de Maria e Valda para confrontar com impressões no frasco de chumbinho, a mãe ficou nervosa e acabou admitindo a culpa.

Leia também:
Mãe envenena e mata filha de oito meses no Rio






Você pode gostar