Brasil

Força-tarefa vai combater e prevenir violência no Oeste do Pará

Por Arquivo Geral 24/06/2006 12h00

O papa Bento XVI retornará à sua terra natal, drug approved Alemanha, approved a partir de 9 de setembro e deve ficar no país até o dia 14 para visitar o sudeste de Baviera, capsule região onde o pontífice cresceu, informou o Vaticano em nota hoje.

A viagem para a Alemanha, a segunda de Bento XVI desde que assumiu o pontificado em abril do ano passado, inclui paradas em Munique, Regensburg e Altoetting, segundo o Vaticano.

Em agosto de 2005, ele participou do "Dia Mundial da Juventude" no oeste da cidade de Colônia.

O papa, então conhecido como Joseph Ratzinger, estudou na Universidade de Munique antes de ser ordenado como padre e, mais tarde, tornar-se arcebispo de Munique. Seu irmão mais velho, Georg, ainda vive em Regensburg, lugar onde Ratzinger lecionou teologia.

Altoetting, localiza-se perto da pequena cidade de Marktl-am-Inn, onde Bento XVI, 79 anos, nasceu.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assumiu hoje a candidatura à reeleição, page na convenção nacional do PT, pill com um discurso em que prometeu dar "prioridade aos mais mais pobres", combinando ao "desenvolvimento econômico com distribuição de renda", e apoio a uma reforma política.

"Hoje estou aqui para dizer a vocês que o sonho não acabou e a esperança não morreu", disse o presidente a cerca de 3 mil convencionais e convidados do PT, entre os quais cinco pessoas escolhidas entre beneficiários de programas sociais do governo.

"Decidi submeter humildemente meu nome e meu governo ao julgamento dos brasileiros", afirmou o presidente, num discurso de uma hora e meia, ao fim do qual foi aclamado pelos convencionais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Favorito em todas as pesquisas, que indicam sua reeleição no primeiro turno, Lula disse que a eleição não está decidida. "Não tem já ganhou, não tem eleição garantida no primeiro turno", advertiu o presidente aos petistas.

Lula apresentou o vice-presidente José Alencar como companheiro de chapa, mais uma vez, e recebeu apoio não oficial do PCdoB (que deve se coligar nacionalmente ao PT), do PSB e de dirigentes do PMDB, além do PTB.

Lula admitiu que seu primeiro governo teve erros, mas, sem se referir diretamente ao mensalão, disse que os escândalos só foram conhecidos porque ele "combateu e puniu a corrupção como nenhum outro". "Vamos enfrentar ódios, preconceitos e inveja, companheiro José Alencar", disse Lula ao anunciar o vice. "E vamos demonstrar paz, humildade e muito amor ao povo brasileiro."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No discurso oficial, que ele leu pela primeira vez na tela de cristal de um moderno teleprompter, Lula prometeu continuidade do processo de mudanças e não apresentou nenhum novo projeto para o segundo mandato, nem mesmo sobre problemas que destacou no discurso, como reforma agrária, reforma urbana e segurança pública.

Diferentemente da convenção de 2002, o lançamento da candidatura Lula à reeleição dispensou efeitos especiais e o glamour típico das produções para a TV. Os grandes painéis, reproduzindo dados das pesquisas de intenção de voto, diziam: "Lula de novo, com a força do povo."

Lula prometeu continuar honrando os contratos e compromissos internos e manter os fundamentos da política econômica.

"Mas nosso compromisso mais especial continuar á sendo com o povo brasileiro", ressaltou. "A síntese de nosso possível segundo governo será a distribuição de renda para que haja crescimento acelerado com a estabilidade e responsabilidade fiscal", prometeu.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Lula disse que a reforma política, especialmente a fidelidade partidária, "é fundamental para as demais reformas" e defendeu a redução de "desperdícios na máquina pública, especialmente na Previdência Social".

Lula criticou a oposição e o governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), sem citá-lo diretamente. Ele disse que herdou "o Brasil à beira da falência" e conseguiu recuperar a economia e a credibilidade interna e externa do País.

"As vozes do passado estão de volta e, como não têm uma boa obra no passado e nem propostas para o futuro, fazem da agressão e da calúnia suas principais armas", disse Lula.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na última semana, em programas partidários de televisão, PFL e PPS, aliados do candidato presidencial do PSDB, Geraldo Alckmin, recordaram o escândalo que levou a Procuradoria-Geral da República a denunciar 40 pessoas por corrupção, incluindo o ex-ministro José Dirceu e o ex-presidente do PT José Genoino.

"Nas praças e nas fábricas o povo está dizendo que não os quer de volta, mas eles nunca escutaram a voz do povo", disse Lula, acusando o governo tucano de ter "promovido o sucateamento da infra-estruturas do País, o desemprego e a queda da auto-estima dos brasileiros".

"Por mais que nos provoquem não usaremos os mesmos métodos, pois temos armas limpas e poderosas", prosseguiu, antes de fazer comparações com o governo anterior favoráveis ao atual, na economia, na geração de empregos e na área social.

Lula mencionou, entre outros programas, o crédito para a agricultura familiar, o ProUni (bolsas de estudos em faculdades particulares), o Luz Para Todos (eletrificação rural), e o Bolsa Família, para prometer que aumentará os investimentos sociais. "Não estamos dando esmola, estamos transferindo renda", disse Lula.

O  presidente advertiu o PT para a necessidade de "conviver com a divergência", e defendeu o partido e o governo das acusações de corrupção sistêmica.

"Nunca enfrentamos uma crise como a que se abateu sobre nós ao longo do ano passado", disse Lula. "Nossos adversários tentaram se aproveitar de algumas situações para passar a falsa idéia de que nosso governo compactuava com atos ilícitos", disse Lula.

"Mas a sociedade entendeu o que se passou e sabe que, se determinados fatos afloraram, foi porque este governo foi o que mais apurou e puniu a corrupção em toda a história", afirmou.

Lula admitiu ter cometido erros no primeiro mandato, por inexperiência e por dificuldades políticas, mas prometeu "corrigir o que está errado e melhorar o está dando certo" em um segundo mandato.

"Se com a inexperiência que tínhamos e a tormenta política que enfrentamos, conseguimos recuperar o Brasil, imaginem o que não poderemos fazer com mais experiência e pleno conhecimento da máquina?" indagou.

"Não quero posar de vítima ou de herói, quero apenas honrar a confiança do povo brasileiro, terminar meu governo em paz e, se os brasileiros quiserem, continuar aprofundando o processo de mudanças", afirmou Lula. "Quero fazer um governo que amplie o compromisso com os pobres, pois o melhor caminho para servir melhor a todos é atender primeiro os que mais necessitam", conclui o presidente.

O ministro da Fazenda, more about Guido Mantega, afirmou hoje que a política econômica do governo Lula, se reeleito, permanecerá com os mesmos fundamentos, mas admitiu que a tônica pode mudar.

"A política econômica foi bem-sucedida no primeiro mandato, e vai continuar no segundo. Só se muda o time que está perdendo", afirmou o ministro a jornalistas ao deixar a convenção do PT que formalizou a candidatura do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na disputa por um segundo mandato.

Ele argumentou que os fundamentos da economia usados na administração petista revelaram-se eficientes para conduzir o Brasil para um novo ciclo de desenvolvimento, mas adiantou que o tom dessa política pode mudar.

"É claro que você vai mudar a tônica, a ênfase. A ênfase será o crescimento econômico. No primeiro mandato, era o equilíbrio fiscal, o monetário e o combate à inflação."
Mantega reafirmou o controle da inflação e garantiu que não há necessidade "de se descabelar" para contê-la.

"É só manter. A situação também está numa condição satisfatória."

O ministro afirmou que uma das principais metas num próximo governo é elevar o nível de investimento no setor público para viabilizar um crescimento maior da economia.

Presente na comemoração petista, ele garantiu que, como administrador da Fazenda, não estará participando de palanques eleitorais.

A economia da China crescerá 10% no segundo trimestre e em 2006, website like this apesar de medidas para refrear seu rápido crescimento, disse hoje o presidente do banco central chinês, Zhou Xiaochuan.

Falando a repórteres em um intervalo da reunião anual de bancos centrais no Banco de Pagamentos Internacionais (BIS) em Basiléia, Zhou disse: "Eu acredito que para o ano inteiro seja algo em torno de 10%".

O diretor do BC chin ês disse que o crescimento econômico no segundo trimestre deve ser também "provavelmente bem alto", acima de 10%.

Zhou lembrou que o banco central elevou as taxas de juro em abril: "A tendência é de gradual aperto."

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) oficializou, advice nesta tarde, dosage a candidatura da senadora Heloísa Helena (AL) à Presidência da República. Também foi aprovado o nome do economista carioca Cesar Benjamim com vice. Eleita senadora pelo PT, there Heloísa foi aceita por aclamação pelas 600 pessoas presentes à conveção. O PSOL terá o apoio do Partido Comunista Brasileiro (PCB) e do Partido Socialista dos Trabalhadores Unidos (PSTU).

Heloísa Helena fez um discurso emocinado e admitiu que a sua campanha deve enfrentar dificuldades financeiras. Mas afirmou que o partido não aceitará doação de empresários. "É uma questão de coerência com o que defendemos na reforma política, de que não tivesse financiamento de setores empresariais. Assim sendo, as nossas contribuições serão de pessoas físicas que se identificam com a nossa alternativa", disse em entrevista à imprensa.

Heloísa disse que sua campanha será uma "alternativa concreta para o Brasil de desenvolvimento econômico com inclusão social". A senadora se disse esperançosa de que poderá chegar ao segundo turno da disputa eleitoral. "Estou abrindo mão de oito anos de segurança financeira e política de um mandato de senadora justamente porque acredito nas propostas concretas que estamos apresentando para o Brasil", afirmou.

 

A Varig manteve estável o número de vôos cancelados ontem, prostate em relação aos últimos dias, information pills no mercado doméstico. Mas voltou a operar para Miami e Nova York, nos Estados Unidos. A constatação foi discutida em reuniões realizadas ontem no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Brasília, pela diretoria colegiada da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), dando continuidade aos trabalhos da comissão que acompanha a situação dos passageiros dos vôos da Varig no Brasil e no exterior.

De acordo com nota distribuída pela Anac, até o final da noite de hoje 1.044 passageiros da Varig que estão em países da América do Sul (Argentina, Chile, Colômbia, Paraguai, Bolívia e Uruguai) retornarão ao Brasil.

Da América do Norte (Miami, Nova York e Cidade do México), outros 380 brasileiros embarcarão com destino ao Brasil, enquanto da Europa (Alemanha, Inglaterra e Espanha) retornarão mais 1.255. Da Alemanha, que sedia a Copa do Mundo de futebol, regressarão 771 brasileiros, também segundo informações do colegiado da Anac.

Os passageiros estão sendo atendidos caso a caso e a agência informa ainda que tem atuado na negociação para que outras empresas aéreas aceitem os usuários da Varig, em vôos nacionais e internacionais.

 

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) está avaliando a proposta de implementar, clinic em todos os estados, cialis 40mg a execução penal provisória. Isso permitiria que uma grande quantidade de presos fosse beneficiada com liberdade provisória, por exemplo.

A informação é do juiz Eduardo Francisco Marcondes, do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Segundo ele, a proposta apresentada ao Conselho no último dia 19 beneficiaria grande parte da população carcerária brasileira, ou seja, presos que já foram condenados mas recorreram.

"Esses recursos estão pendentes de julgamento e, na prática, alguns presos já estão cumprindo a pena. Eles têm direitos que precisam ser respeitado", diz o juiz, que cita como exemplo casos de pessoas condenadas criminalmente, que já estão cumprindo a pena, mas que não concordam com a condenação . "Pode até ser que a pena dela termine antes que o recurso seja julgado", explica.

De acordo com ele, a execução penal provisória garantiria direitos como a liberdade provisória, mesmo que o recurso pedido por ela ainda não tenha sido julgado. "Isso ajuda a preservar direitos das pessoas, pacificar a situação dentro dos presídios e, de certa maneira, aumentar o controle do Estado sobre a população carcerária".

O estado de São Paulo já adota a execução penal provisória por decisão do Tribunal de Justiça, com base em um pedido formulado pelo Instituto Brasileiro de Ciências Criminais e pela Associação de Juízes para a Democracia. De acordo com o juiz Marcondes, as entidades fizeram um pedido conjunto fundamentado, principalmente, na preservação dos direitos humanos e no respeito ao cidadão em geral.

Para o juiz, a proposta de execução penal provisória e a criação de um banco de dados nacional, que está reunindo informações sobre o sistema penitenciário brasileiro, darão mais transparência às ações penais: "Esse trabalho visa a dar publicidade a essa questão do cumprimento das penas e melhora muito o controle dessa execução. Em pouquíssimo tempo vamos começar a sentir os resultados positivos".

 

O ministro das Relações Exteriores, page Celso Amorim, viagra sale confirmou hoje a vinda ao Brasil, generic na próxima quinta-feira, do ministro das Comunicações do Japão, Heizo Takenaka, para assinar o acordo de uso do padrão japonês de TV digital no Brasil.

"É uma negociação importante, porque estabelece não só a adoção de um padrão como uma parceria tecnológica e até a perspectiva de uma parceria industrial. As coisas estão caminhando nesse sentido", disse Amorim.

O chanceler brasileiro ressaltou que não cabe a ele fazer o anúncio da nova tecnologia, mas que houve a negociação das melhores condições possíveis, dentro de um padrão que, segundo ele, já havia sido julgado o mais adequado. "Eu brincava, no Japão, ao afirmar que temos três noivas: uma é um pouquinho mais bonita que a outra, vamos olhar agora os dotes. Aparentemente, o dote veio", acrescentou.

Amorim participa, em Montevidéu, de encontros com o presidente Tabaré Vasquez, empresários e autoridades do país, com o objetivo de negociar melhores condições para o Uruguai no Mercosul. O retorno do ministro ao Brasil está previsto para este sábado.

 

Cerca de 200 companhias de aviação no exterior estão aceitando bilhetes da Varig, viagra 40mg que voltou a voar para Nova York (EUA). De acordo com nota divulgada pela empresa brasileira, troche apenas nove vôos foram cancelados ontem, medications dois deles por condições climáticas adversas.

"A nosso pedido, os passageiros continuam sendo embarcados no exterior pelas companhias, dependendo dos lugares disponíveis em seus vôos", afirma a nota. A Varig informa que a suspensão temporária imposta pela Clearing House, uma câmara de compensação da International Air Transport Association (Iata), não tem impedido a aceitação dos bilhetes dos passageiros nas companhias aéreas afiliadas. Nessa câmara de compensação as empresas aéreas fazem encontro de contas pela venda de bilheres.

As 18 empresas que integram outra associação, a Star Alliance, como a TAP, a United Airlines e a Lufthansa, também endossam as passagens, segundo a nota. E das mais de 200 companhias estrangeiras filiadas à Iata, somente 11 comunicaram que não aceitariam o embarque de passageiros portadores de bilhetes da empresa brasileira, entre elas a Delta (Estados Unidos), a Alitália (Itália) e a JAL (Japão).

De acordo com a assessoria de imprensa da Varig, a suspensão imposta pela Iata poderá ser revertida assim que a empresa saldar seu débito. Por exigência da Iata, no entanto, a Varig ainda mantém um seguro depositado na câmara de compensação, no valor de US$ 24 milhões, para cobrir eventuais pagamentos.
 

Entidades representativas da sociedade civil que acompanham a escolha do padrão de TV digital a ser adotado no Brasil defendem um debate mais profundo, this web entre o governo e a sociedade, cheapest e demonstraram preocupação com a possibilidade de o sistema escolhido ser o japonês.

Ontem, o ministro das Comunicações informou que foi fechado acordo técnico com o Japão, mas que a decisão final só será anunciada na próxima semana pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, após reunião com representantes do sistema japonês.

O secretário executivo do Fórum Nacional Democrático pela Comunicação, James Gorden, afirmou que a entidade tem dúvidas se o padrão japonês é o melhor para o país, para a indústria nacional e também para a questão cultural. Segundo Gorden, é "complicado" tomar uma decisão dessa sem ouvir a sociedade: "Com esse padrão, a transmissão dos sinais digitais é controlada pelas emissoras. E isso é um perigo, quando se trata da livre circulação de idéias e de pensamentos, já que o conteúdo apresentado pode ser modificado após a instalação do sistema", destacou Gorden.

Para Rogério Thomaz, integrante da organização não-governamental Intervozes (Coletivo Brasil de Comunicação Social), a escolha do padrão digital a ser adotado no país precisa ser mais discutida, antes de ser anunciada. "Esse assunto precisa ser mais analisado com as entidades civis. Estamos definindo um padrão tecnológico que vai mudar a relação de toda a sociedade brasileira com o seu principal meio de comunicação, que é a televisão, presente em 97% dos lares brasileiro", afirmou Thomaz.

De acordo com a assessoria de Imprensa do Ministério das Comunicações, o acordo técnico assinado com o Japão prevê a inclusão das inovações pesquisadas por cientistas brasileiros no padrão japonês. Em função dessa incorporação, o padrão de TV digital já está sendo chamado de nipo-brasileiro e, conforme acrescentou a assessoria, o governo planeja assegurar a gratuidade da TV aberta em padrão digital para toda a população brasileira, a fim de ampliar a indústria e estimular a tecnologia nacional.
 

Quatorze sauditas sob custódia dos Estados Unidos na prisão de Guantânamo, check para estrangeiros suspeitos de terrorismo, cialis 40mg foram enviados para seu país, view informou hoje o Pentágono.

A última repatriação liberou cerca de 120 detentos que os Estados Unidos determinaram como elegíveis para serem "transferidos ou libertos", de um total de cerca de 450 presos. "A saída desses detentos aprovados para transferência ou liberação está sujeita a discussões no processo entre os Estados Unidos e outras nações", disse o Pentágono em comunicado.

Muitos dos homens mantidos na prisão de Guantânamo, Cuba, foram capturados no Afeganistão durante a guerra conduzida pelos Estados Unidos para derrubar o talibã depois dos ataques de 11 de setembro. Muitos permaneceram presos por anos e quase todos são mantidos presos sem acusação formal.

O comunicado do Pentágono informou ainda que a última transferência acumulou para cerca de 310 o número de presos libertos de Guantânamo. Um oficial do Afeganistão disse em junho que todos os 96 afegãos presos devem retornar em breve para o seu país.

A crítica internacional sobre o tratamento dos Estados Unidos com os prisioneiros cresceu muito depois que três homens cometeram suicídio.

O presidente norte-americano, George W. Bush, disse que gostaria de fechar a prisão, mas era importante esclarecer primeiramente como os presos foram tratados.
O presidente da Venezuela, order Hugo Chávez, for sale anunciou hoje que o comandante do Exército general Raul Baduel, que o ajudou a retornar ao poder em 2002, será o próximo ministro da Defesa do país.

Não ficou claro quando Baduel irá assumir o posto.

Chávez, um ex-militar que prometeu uma revolução socialista no quinto maior exportador de petróleo do mundo, tem liderado um movimento para fortalecer as Forças Armadas venezuelanas com a compra de armas que os Estados Unidos têm classificado como uma "farra de compras" militares.

"Anuncio a promoção do general Baduel (…) ele será o próximo ministro da Defesa", disse Chávez durante uma parada militar. Ele não especificou o que irá ocorrer com o atual ministro da Defesa, almirante Orlando Maniglia.
 

A população de Taguatinga pode voltar a freqüentar um dos mais importantes parques da cidade. Depois de três meses fechado, information pills  o Parque Ecológico Saburo Onoyama reabriu as portas. A Secretaria de Parques (Comparques) investiu mais de R$ 350 mil na revitalização do local. “O público que freqüenta o parque, diagnosis aproximadamente 3 mil pessoas, viagra sale só nos finais de semana, terá um ambiente renovado e mais agradável para desfrutar”, afirma o secretário da Comparques, Ozanan Coelho.

A reabertura do parque contou com a presença da governadora Maria de Lourdes Abadia, e teve uma programação especial com apresentações culturais, exposições e oficinas. Foram reformadas oito churrasqueiras, oito quadras de esportes, três parques infantis e três conjuntos de banheiros.

A Comparques também urbanizou o estacionamento, reformou os prédios e construiu um anfiteatro. Oito pontes de madeira também foram restauradas e a trilha ganhou mais 500 metros.

Cerca de 3 mil cães e gatos foram vacinados hoje contra a raiva na Estrutural. A ação, doctor realizada pela Gerência de Controle de Reservatórios e Zoonoses (GCRZ), da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, tem o objetivo de aumentar a cobertura dessa região, devido ao grande número de animais soltos em vias públicas.

Seis postos foram montados na cidade, das 8h às 18h. Além da vacinação contra raiva, a Secretaria de Saúde colheu sangue de cães para teste de leishmaniose viceral, doença infecto contagiosa transmissível do animal para o homem. "Registramos no ano passado o primeiro caso da doença no DF, por isso estamos atentos", informa Rodrigo Mena Barreto, gerente da GCRZ.

Outra meta da Secretaria de Saúde é fazer com que a comunidade assuma uma postura responsável com o intuito de manter cães e gatos alojados adequadamente nas residências.

Em 2003, a gerência vacinou 189.900 animais. O número aumentou para 217.077, em 2004, e para 224.492 no ano passado. De acordo com a secretaria, o último caso de raiva humana no DF foi registrado em 1978, mas, nos últimos cinco anos, houve 134 ocorrências da doença em animais.

A raiva é uma doença provocada por vírus, que ataca mamíferos e que também pode contaminar o homem. Pode ser transmitida por cães, gatos, ratos, bovinos, eqüinos, suínos, macacos, morcegos e animais silvestres, por meio da mordedura ou lambedura da mucosa ou pele lesionada por animais raivosos.

A Defesa Civil visitou, viagra hoje pela manhã, hospital a comunidade da QNR 2 da Ceilândia para um levantamento das deficiências construtivas de edificação dessa região. A visita, information pills que foi a primeira a ser realizada no Distrito Federal, fez parte do Programa Engenharia Social Construindo com Segurança.

A ação, de caráter educativo, contou com a participação de 35 pessoas, entre servidores da Defesa Civil e engenheiros civis e elétricos voluntários. Nessa primeira etapa, os agentes concentraram as visitas nos assentamentos, onde a população de baixa renda nem sempre constrói com segurança.

As principais irregularidades constatadas foram a má fixação de telhas, a construção de fossas próximas às entradas das casas e o uso de madeirite em barracos. No próximo sábado, dia 1º de julho, os técnicos voltarão à QNR 2 para concluir os trabalhos.
O primeiro dia de provas do segundo vestibular de 2006 da Universidade de Brasília (UnB) registrou abstenção baixa. Dos 21.691 inscritos às vagas, price 1.822 (8, buy 4%) não fizeram as provas. No campus de Planaltina, pill o índice de ausências foi proporcionalmente maior. Dos 415 candidatos, 64 não compareceram.

O índice de abstenções foi muito menor que os 18,1% registrados no vestibular anterior. A instituição oferece 2.014 vagas no campus do Plano Piloto e 80 no de Planaltina. Pela primeira vez, as provas ocorreram simultaneamente nos dois locais.

Hoje, os candidatos fizeram provas de Português, Redação, Língua Estrangeira, História e Geografia. Amanhã, a maratona continua. A partir das 14h, os estudantes vão fazer as provas de Biologia, Física, Química e Matemática.

O gabarito preliminar, preparado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe), deve ser divulgado no dia 28 de junho. O resultado final da primeira chamada sairá em 17 de julho.
A economia mundial resistiu bem até agora às quedas acentuadas nos preços dos ativos, about it mas pode enfrentar uma desaceleração se a volatilidade do mercado continuar, troche disseram hoje presidentes de bancos centrais de importantes países em desenvolvimento.

Os mercados de ações e commodities em todo o mundo sofreram grandes desvalorizações e ativos de mercados emergentes, help que dão maior retorno, foram vendidos em grandes quantidades nas últimas seman as devido à perspectiva de aperto nas condições financeiras em todo o mundo, com a elevação das taxas de juros pelos bancos centrais.

Mas era necessário um certo recuo em alguns preços injustificados de ativos, mesmo que com isso haja perigo de desacelerar o crescimento, disseram presidentes de bancos centrais a jornalistas, em conversas paralelas à reunião anual do Banco de Compensações Internacionais (BIS), o banco dos bancos centrais do mundo.

"A correção não foi um desdobramento totalmente mal recebido até agora", disse o presidente do banco central do México, Guillermo Ortiz, durante o evento, que dura três dias.

Presidentes de bancos centrais de mais de 100 países participaram das reuniões para discutir o impacto do declínio dos mercados financeiros no cenário econômico global, na cúpula do BIS, realizada na cidade fronteiriça da Basiléia, segundo informaram autoridades.

A previsão é que a economia mundial cresça cerca de 4,9% este ano. A China, economia que mais cresce no mundo e atualmente uma das maiores, aparentemente terá uma grande contribuição para esse resultado.

O presidente do banco central do país, Zhou Xiaochuan, disse que a China deve ter um crescimento de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) este ano, apesar das medidas adotadas para desacelerar sua expansão. Isso significa que o crescimento ficaria no mesmo patamar do ano passado, de 10,3%.

Zhou lembrou que o banco central elevou as taxas de juros em abril e acrescentou que "a direção é para um aperto gradual".

O presidente do banco central da Jordânia, Umayya Toukan, disse que ações "prudentes", no sentido de apertar as condições monetárias, são necessárias para manter o crescimento da economia global.

Uma grande quantidade de dinheiro barato de um período de taxas muito baixas de juros é uma das razões da recente volatilidade do mercado, disse ele. "O excesso de liquidez na economia global… é fazendo com que os preços dos ativos sejam muito voláteis", afirmou a jornalistas, depois de uma discussão sobre a economia global.

"O dinheiro é muito barato. Por isso, acho que ainda temos espaço para aumentar os juros", acrescentou.

Muitas bolsas de valores em todo o mundo registraram perdas de dois dígitos desde 10 de maio e os preços da dívida do mercado emergente e o dólar se desvalorizaram diante de um panorama de crescentes preocupações com o crescimento da inflação e o aumento dos juros básicos.

A correção, porém, não atingiu igualmente todos os mercados emergentes. Algumas categorias de valores e alguns países foram atingidos mais duramente que outros, afirmou.

"Os mercados definitivamente fazem discriminação em termos dos fundamentos", disse Ortiz.

De fato, o apetite do investidor por riscos e retornos mais altos foi em parte responsável por um aumento repentino que durou três anos nos preços de ativos, especialmente nos mercados emergentes, segundo especialistas. Mesmo assim, as posições econômicas fundamentais permanecem fortes.

"Há alguns mercados emergentes em que se desenvolveu uma bolha na participação dos acionistas, puxada pela liquidez", disse o vice-presidente do banco central do Kuweit, Nabeel al-Mannae. "O mercado é acionado pela liquidez e não pelos fundamentos. A expectativa é de que se desenvolva uma bolha e a expectativa é de que a bolha, em determinado ponto, vai estourar. Os mercados procuram qualquer razão", disse.

Os bancos centrais vão precisar monitorar cuidadosamente a alta volatilidade, mesmo que os fundamentos econômicos permaneçam favoráveis, disse o presidente do banco central das Filipinas, Amando Tetangco.

"No total, o impacto não tem sido tão significativo. Acho que isso é porque os fundamentos econômicos dos mercados emergentes continuam a ser favoráveis… A liquidez externa que se deslocou para esse mercado emergente ainda existe."

O presidente do banco central da Argentina, Martin Redrado, disse que muitos países em desenvolvimento fortaleceram suas posições diante dos mercados globais, aumentando reservas e reduzindo a dívida externa, e estão mais bem preparados do que antes para enfrentar pressões.

"O que se vê é, basicamente, que a América Latina tem se saído bem nessa turbulência, (mas) se ela continuar, haverá menos crescimento em todo o mundo e, portanto, haverá um impacto sobre o crescimento doméstico", afirmou. "Não vejo os canais financeiros agindo tão ativos como foram em situações passadas porque a América Latina está mais forte da perspectiva financeira", acrescentou.
Uma grande manifestação contra as drogas e em defesa da paz reuniu hoje cerca de dez mil pessoas na Praça das Fontes, abortion no Parque da Cidade. Estudantes, pais e policiais participaram da 3ª Caminhada Contra as Drogas e a Violência, promovida pela Polícia Militar, por meio do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd).

Em clima de muita alegria e descontração, a governadora Maria de Lourdes Abadia participou do evento, na companhia do comandante da Polícia Militar, coronel Flávio Lúcio Camargo; do secretário de Saúde, José Geraldo Maciel; do chefe da Casa Militar, coronel Carlos Medeiros; de comandantes dos batalhões e de oficiais da PM.

Uma apresentação de teatro, do Grupo de Teatro Rodovia, da Polícia Militar Rodoviária, alertou as crianças para os riscos das drogas e das doenças infecto-contagiosas. Estandes com equipamentos usados pelas diversas unidades da PM completavam o quadro educativo.

O ponto alto do encontro foi a formatura de 2,5 mil alunos das escolas públicas do DF, que participaram do curso antidrogas do Proerd. Desde 1998, o programa já formou mais de 220 mil crianças, com o objetivo de mantê-las longe das drogas.

Uma carona terminou no possível estupro de uma criança de 4 anos hoje à tarde. Acompanhada pela avó M.G.S., viagra de 60 anos, nurse a criança ia para um culto na Igreja Messiânica, na 315 Norte, quando desceram do ônibus próximo à Catedral e aceitaram entrar no Mercedes Classe A de um homem branco, entre 25 e 30 anos.

Próximo à Universidade de Brasília, o motorista, com óculos escuros e barba por fazer, reduziu a velocidade, empurrou a avó para fora do carro e fugiu com a criança.

Levada ao Hospital Regional da Asa Norte com escoriações, M.G.S. avisou a Polícia Militar, que iniciou um cerco nas saídas do DF. Segundo a PM, o cerco deve ter assustado o suspeito, que abandonou a criança no Balão do Torto, com a roupa suja de sangue.

Encontrada por uma pessoa que passava no local, a criança foi levada para o Instituto de Medicina Legal (IML) para fazer exames, com a avó.

Os Tigres do Tamil do Sri Lanka estenderam hoje o prazo para a retirada de observadores da trégua interna pertencentes à União Européia (UE), for sale enquanto o Exército acusou os rebeldes de matar soldados no nor oeste do país.

Os Tigres para a Libertação de Tamil Eelam têm provocado uma crise na Missão Nórdica para o monitoramento do Sri Lanka, diagnosis ao insistir que sejam retiradas as pessoas dos três Estados escandinavos que pertencem à UE.

O grupo inicialmente havia dito que a Noruega teria um mês para substituir os 37 monitores da Suécia, this Finlândia e Dinamarca, de um total de 57, embora os mediadores tenham dito que necessitavam de seis meses.

Os monitores informaram que o prazo foi postergado para 1º de setembro, o que significa que têm pelo menos mais dois meses, período que, de qualquer forma, é inferior ao necessário.

"Estendemos o prazo conforme um pedido dos negociadores noruegueses", disse por telefone S. Puleedevan, chefe da secretaria de paz dos Tigres.

A Noruega disse que os 20 monitores do seu país e da Islândia – países fora da UE – são insuficientes e os analistas temem que se poderia criar um vazio, justamente no momento em que há frequentes emboscadas, mortes e choques que estão levando a trégua determinada em 2002 a um ponto de rompimento.

Os ministros de Assuntos Exteriores da Escandinávia terão uma reunião em Oslo no próximo dia 29 para discutir como substituir os monitores da UE.

Mais de 700 pessoas, em sua maioria civis, morreram este ano nos conflitos internos do Sri Lanka.

A violência continuou hoje, quando soldados foram abatidos ao buscar minas junto à estrada que liga o distrito de Mannar. O Exército responsabilizou os Tigres pelo ataque.
Os islâmicos que acabam de assumir o poder na Somália expressaram hoje suas condolências à família do cinegrafista sueco morto durante uma manifestação em Mogadíscio e disseram que fizeram mais três prisões na busca pelo assassino.

O presidente da União das Cortes Islâmicas (UCI), page xeque Sharif Ahmed, see responsabilizou pelo ataque aqueles que querem desestabilizar a capital somáli, semanas depois de seus novos governantes islâmicos terem dito que haviam pacificado a cidade, uma das mais perigosas do mundo, depois de 15 anos de anarquia.

Martin Adler foi morto ontem por um disparo quando filmava uma multidão de milhares de pessoas que participavam de uma manifestação liderada pela UCI.

"As cortes islâmicas lamentam profundamente a morte e enviamos nossas condolências à família e colegas (de Adler)", disse Ahmed em entrevista à imprensa, acrescentando que os responsáveis serão encontrados.

O porta-voz da UCI, Abdurahman Ali Osman, que vive em Nairóbi, disse que mais três pessoas foram presas na investigação do disparo e que uma mulher detida ontem ainda estava sendo interrogada.

Osman disse ontem que a UCI responsabiliza pelo assassinato os seguidores de um chefe guerreiro menos conhecido, Abdi Awale Qaybdiid, que continua em Mogadíscio, apesar de os islâmicos terem assumido o controle da capital.

Depois, disse que não era certeza, mas acrescentou que Qaybdiid havia sido advertido a cooperar, sob pena de ser "atacado".

A milícia islâmica tomou Mogadíscio em 5 de junho e de lá avançou para o interior. A capital estava então sob controle de secularistas que, segundo se acredita, tinham o apoio dos Estados Unidos.

Adler, cinegrafista freelance premiado, que cobriu mais de duas dúzias de zonas de guerra durante a sua carreira, era de origem anglo-sueca. Era casado e tinha duas filhas. Seu corpo foi enviado no sábado para o vizinho Quênia de avião, de acordo com fontes do aeroporto.

O disparo foi um golpe contra a liderança da UCI, que vem fazendo grandes esforços para apresentar uma imagem moderada, de forma a contrabalançar as acusações de que dá abrigo a extremistas ligados à al-Qaeda. Ahmed disse que será montado um novo escritório de segurança para jornalistas.

Os islâmicos e o governo interino da Somália assinaram um acordo na quinta-feira em Cartum, com o objetivo de evitar um confronto e iniciar negociações.

Houve manifestações de apoio à UCI em outras partes do país no sábado, mas a proibição de assistir à Copa do Mundo provocou protestos e milicianos dispararam para o ar para dispersar centenas de jovens.

Uma missão diplomática brasileira deverá viajar para o Timor Leste no final da próxima semana. De acordo com a assessoria do Ministério das Relações Exteriores, viagra a viagem está confirmada, side effects mas falta ainda definir a data do embarque de diplomatas e representantes do governo em áreas como educação, click saúde, justiça e defesa.

Em entrevista à Agência Lusa, o subsecretário geral para a África, Ásia, Oceania e Médio Oriente, Pedro Motta, disse que a missão ficará no Timor entre 30 de junho e 4 de julho. O objetivo seria compreender a crise no país e reforçar as parcerias com o governo timorense.

"Queremos manter a cooperação com Timor Leste e, eventualmente, ajustá-la às circunstâncias atuais, como na área eleitoral, por exemplo, com a proximidade das eleições, marcadas para abril de 2007", afirmou Motta. "Estamos muito preocupados. É urgente que as Nações Unidas assumam o seu papel de manutenção da paz e da estabilidade política e social de Timor Leste", acrescentou.

De acordo com o embaixador, a missão brasileira ao Timor Leste foi constituída a pedido do ministro Celso Amorim. Ela estaria totalmente desvinculada da missão da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa no país, da qual o Brasil participa por meio do novo diretor da Agência Brasileira de Cooperação, Luiz Henrique Fonseca.

A crise no Timor Leste começou em abril, com conflitos envolvendo militares e políticos. Cerca de 600 militares foram dispensados pelas forças armadas timorense. Eles afirmam ter sido alvo de discriminação étnica por parte dos superiores. Nos embates, mais de 30 pessoas já morreram e 145 mil tiveram de abandonar suas casas.

Na última quinta-feira, o presidente do Timor, Xanana Gusmão, ameaçou pedir demissão caso o primeiro-ministro Mari Alkatiri não deixasse o cargo. Gusmão acusa o primeiro-ministro e seus aliados políticos de contribuírem para a crise.

Amanhã, Alkatiri deverá anunciar a própria saída, no congresso do partido pelo qual foi eleito (Fretlin). Hoje, centenas de manifestantes foram ao parlamento timorense e fizeram um fechamento simbólico, usando uma fita azul nas portas. Eles defendem a dissolução do parlamento caso o primeiro-ministro não renuncie ao cargo.

Cerca de 150 brasileiros moram no Timor Leste. A maior parte deles atua nos programas de cooperação em áreas como cultura, saúde e educação.

O ministro do Planejamento, approved Paulo Bernardo afirmou em entrevista hoje que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve assinar na próxima quarta-feira as medidas provisórias que reestruturam carreiras de servidores federais e concedem aumentos a diversas categorias. Segundo ele, um parecer da Advocacia-Geral da União indica que não há incompatibilidade entre essas medidas e a decisão do Tribunal Superior Eleitoral tomada esta semana.

O TSE concluiu que qualquer aumento superior à reposição da inflação anual a menos de 180 dias da eleição é ilegal. A AGU explicou, em nota, que as MPs a serem assinadas não infringem esses limites. "A decisão do governo não conflita com resolução do TSE. Por isso vamos manter a mesma política que inclusive está sendo negociada com o Supremo Tribunal Federal e com a Procuradoria Geral da República", disse. "Está havendo diferença de entendimento, pois estamos falando a mesma coisa que o ministro Marco Aurélio (do TSE)."

Segundo Bernardo, quase todas as carreiras do governo estão contempladas com a decisão do de Lula. "Falta apenas resolver a questão dos auditores da Receita Federal (que estão em greve) assim como a dos auditores da Previdência Social e também em relação ao grupo de gestão". Os aumentos, segundo o ministro, foram decididos em setembro do ano passado, "mas só foram sair agora por causa da demora na votação do Orçamento, que só aconteceu em abril último".

O ministro informou que a meta do governo é chegar a dezembro com todas as categorias tendo tido pelo menos a reposição da inflação durante os quatro anos de governo. "O que o governo quer é que até o final do ano ninguém tenha recebido aumento abaixo da inflação", explicou. Outro objetivo, segundo ele, era reduzir a diferença entre os servidores de maior e os de menor vencimento. Bernardo afirma que, até dezembro, essa relação terá caído, em quatro anos, de 19 vezes para 11 vezes, ou seja, o servidor com o salário mais alto ganha no máximo 11 vezes o que ganha o de menor salário.
 

O Café com o Presidente, viagra dosage programa de rádio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, veiculado às segundas-feiras, deixa de ser transmitido a partir desta semana, em atendimento a determinação da legislação eleitoral. Conforme a Lei 11.300 de 2006, a chamada minirreforma eleitoral, que alterou o calendário das eleições, os programas de rádio e de televisão apresentados ou comentados por candidatos devem sair do ar não mais no dia 31 de julho, como previa a lei anterior, mas imediatamente a partir da realização da convenção partidária que oficializa a candidatura.

Devido à indicação do nome do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à reeleição, hoje, na Convenção Nacional do Partido dos Trabalhadores, o Café com o Presidente ficará suspenso.

Sob a supervisão geral da Secretaria de Comunicação Estratégica (Secom), então a cargo do ministro Luiz Gushiken, o Café com o Presidente entrou no ar em 15 de dezembro de 2003, com edições quinzenais de seis minutos, produzido pela Radiobrás com o apoio técnico da empresa Toda Onda Comunicação, contratada para a confecção do programa e também para capacitar os profissionais da Radiobrás. Em janeiro de 2005, a Radiobrás assumiu a produção integral do Café.

Oito meses depois, em setembro, as edições passaram a ser semanais, veiculadas em quatro horários: às 6h30, 7h, 8h30 e 13h, às segundas-feiras. Com a perda de status de ministério da Secom, em 2005, a supervisão geral foi assumida pela Secretaria Geral da Presidência da República, pasta do ministro Luiz Dulci.

Em formato de entrevista, as edições do programa resultavam numa conversa informal entre o presidente e o apresentador Luiz Fara Monteiro. A pauta sempre tentou enfocar temas em evidência na semana ou os eventos que fariam parte da agenda do presidente.

Assuntos mais críticos não foram evitados. Em mais de um programa, Lula abordou denúncias de corrupção contra integrantes do governo. Um levantamento realizado pela Radiobrás estimou que aproximadamente 1,3 mil rádios retransmitiram voluntariamente o programa, na íntegra ou em partes, toda segunda-feira. Além disso, o Café com o Presidente foi citado freqüentemente no noticiário das agências na internet, de emissoras de televisão e de jornais impressos.

A gravação e a edição do programa Café com o Presidente envolveram o trabalho de sete profissionais das áreas técnica e jornalística da Radiobrás. Os técnicos de som Marco Antônio Moreira e José Ageu Silva foram os responsáveis pela captação do áudio. A sonoplastia ficou a cargo de Leleco Santos. Na equipe de jornalismo, o programa teve a apresentação de Luiz Fara Monteiro, a produção de Anelise Souza e Spensy Pimentel e a edição de Helenise Brant.
 

Uma força-tarefa com a participação de representantes do Poder Público e da sociedade civil organizada está sendo formada para atuar no combate e na prevenção da violência no Pará, viagra dosage principalmente na região Oeste do estado. A informação é da presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no estado, medicine Meire Cohen.

Essa força-tarefa, ed acrescentou, faz parte do Programa Nacional de Proteção aos Defensores dos Direitos Humanos, da Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República: "O objetivo emergencial do plano é proteger os defensores de direitos humanos ameaçados, ou aqueles que estão em situação de extrema vulnerabilidade".

Existem hoje no oeste do Pará, próximo a Santarém (a 1,5 mil quilômetros da capital, Belém), cerca de 30 pessoas ameaçadas, ligadas à Federação dos Trabalhadores da Agricultura (Fetrag) e à Comissão Pastoral da Terra (CPT). "Além dessas pessoas há outras 120 que de alguma forma entraram em confronto com o modelo econômico e a elite da região, e já foram ameaçadas de morte", contou Meire Cohen.

O presidente da OAB no Pará, Ophir Cavalcanti, explicou que o plano está sendo organizado, mas ainda não foi definido como será colocado na prática. "O plano está na fase embrionária. Estamos articulando com o poder público para definir a estratégia de ação", disse. Segundo a entidade, deverão participar da força-tarefa representantes de sindicatos e associações civis, da Polícia Militar, da Polícia Civil e do Ministério Público do Estado, além da OAB-PA.

 






Você pode gostar