Brasil

Ex-estagiário é condenado por fraudar sistema de Universidade

Por Arquivo Geral 09/10/2006 12h00

Um estudante de matemática foi condenado na sexta-feira (6) pela 7ª Turma do TRF (Tribunal Regional Federal) da 4ª Região a pagar 10, approved what is ed 5 salários mínimos, medical o equivalente a R$ 3.675, à UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) por ter fraudado o sistema da instituição na época em que estagiava no Centro de Processamento de Dados em troca de bolsa.

De acordo com o processo, com a senha de um funcionário, o universitário acessou o programa irregularmente, mudou notas, ampliou vagas em disciplinas e efetuou matrículas. As mudanças, ainda segundo a acusação, beneficiaram amigos do rapaz, além de ele próprio. O estagiário, inclusive, matriculou-se em ciências da computação. Quando foi denunciado (acusado formalmente) pelo Ministério Público, o moço admitiu ter cometido as irregularidades, mas disse que pretendia apenas "entender como o sistema funcionava".

O rapaz havia sido condenado em junho último pela 3ª Vara Federal Criminal de Porto Alegre, mas recorreu. Em sua defesa, ele pedia perdão judicial e afirmava que sua atuação não podia ser comparada à de um funcionário público. O argumento, porém, não convenceu a relatora, desembargadora federal Maria de Fátima Freitas Labarrère, que o condenou.






Você pode gostar